Plantão Policial

Em Goiás, homem invade casa e mata a ex e o atual namorado dela na cama; Assista

Inicialmente, o suspeito havia pedido para que um dos filhos emprestasse a caminhonete para que ele pudesse andar um pouco. Entretanto, ele usou o controle do portão da casa da vítima, que estava dentro do carro, para executar a ação.

Publicados

O suspeito Luciano Luiz Santos de 41 anos invadiu a casa onde as vítimas estavam.

Tomado pelo ciúme, um homem identificado como Luciano Luiz Santos de 41 anos, invadiu a casa da ex-companheira e, ao vê-la na cama com outro, alvejou o casal. O caso ocorreu na noite deste sábado (10), na região Central de Goianápolis.

Inicialmente, o suspeito havia pedido para que um dos filhos emprestasse a caminhonete para que ele pudesse andar um pouco. Entretanto, ele usou o controle do portão da casa da vítima, que estava dentro do carro, para executar a ação.

As vítimas foram João Paulo de Deus Nascimento Tibúrcio de 31 anos e Gislane Silva de Oliveira Santos de 40 anos.

O homem se dirigiu para a residência da ex e logo que chegou, foi direto ao quarto do casal, onde cometeu o crime. As vítimas foram identificadas como João Paulo de Deus Nascimento Tibúrcio de 31 anos e Gislane Silva de Oliveira Santos de 40 anos.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e ao chegar no local, encontrou o suposto autor transtornado na sacada do imóvel.

Leia Também:  Mulher que ateou fogo em motorista de ônibus em Anápolis disse à polícia que se sentia perseguida

Os militares então tentaram contato com o agressor, que resistiu à abordagem e deu início a uma intensa troca de tiros.

Com o passar do tempo, as munições dele acabaram e, apenas neste momento, jogou a arma da sacada e se entregou.

Em decorrência dos fatos, o suspeito foi detido e encaminhado para a Instituto Médico Legal (IML) para que pudesse passar por exame de corpo de delito. Já no local, ele começou a fingir que iria desmaiar, impedindo a conclusão do relatório.

Em seguida, o homem foi levado para a Central de Flagrantes de Anápolis da Polícia Civil (PC), onde foi autuado em flagrante e autuado por duplo homicídio duplamente qualificado. A PC já está investigando o caso.

 

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Tesoureiro de banco é suspeito de desviar R$ 3,5 milhões para jogos virtuais

O BRB realizou denúncia após perceber irregularidades contábeis em uma das agências do DF.

Publicados

em

Um tesoureiro de uma agência do Banco de Brasília S.A. (BRB) é alvo de uma operação da Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF) por suspeita de desviar R$ 3,5 milhões para jogos de apostas virtuais.

Conforme informações, o BRB realizou a denúncia após perceber irregularidades contábeis em uma das agências do Distrito Federal. A PC-DF deflagrou a operação com mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de valores das contas do investigado.

O suspeito retirava o dinheiro e depositava em sua conta pessoal e por ter acesso ao cofre e saber das operações de caixa, ele falsificava documentos para esconder os desvios da tesouraria.

O homem usava o dinheiro para jogos de apostas virtuais, indicou a investigação. A PC-DF ainda apura se outros servidores estiveram envolvidos no esquema.

Houve o bloqueio de R$ 3,5 milhões e a investigação ainda conseguiu o bloqueio judicial de valores na conta corrente, ativos financeiros, investimentos e seguros de vida no nome do servidor até o montante supostamente desviado.

Leia Também:  Foragido da justiça por cometimento de três crimes é capturado em Goianésia

O homem que não teve o nome divulgado é investigado por peculato e lavagem de dinheiro e as penas podem chegar a 22 anos de prisão.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA