Plantão Policial

Em Goiás, jovem é presa após enforcar e ameaçar avó com faca

Após a negativa [de emprestar o carro], ela começou a agir com violência.

Publicados

Allicia Santos tem 18 anos e chegou a agredir e ameaçar a avó de 73 anos, utilizando uma faca. Foto: Reprodução

Uma jovem de 18 anos foi detida após roubar o carro de sua avó e anunciá-lo nas redes sociais, em Goiânia, depois que a idosa se recusou a emprestar o veículo para ela. Conforme informações da Polícia Civil (PC), Allicia Santos chegou a agredir e ameaçar a mulher, de 73 anos, utilizando uma faca.

“Após a negativa [de emprestar o carro], ela começou a agir com violência e, posteriormente, decidiu vendê-lo”, relatou o delegado da PC, Danillo Martins da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA).

A PC informou que a jovem vivia com sua avó, mas já havia uma relação problemática entre elas, com histórico de agressões.

O delegado explicou que, após o roubo, o carro foi encontrado próximo ao local onde Allicia trabalhava.

Conforme as autoridades policiais, a jovem será acusada pelo crime de roubo com uso de violência.

Embora tenha sido detida na segunda-feira, uma decisão tomada durante a audiência de custódia na terça-feira (23) determinou a soltura de Allicia. Conforme a decisão, ela deverá usar uma tornozeleira eletrônica.

Leia Também:  Foragida da Justiça de Barro Alto é presa em Jaraguá

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PC realiza prisão de suspeito de participação de homicídio em Uruana; Assista

Ao tomar conhecimento sobre os fatos a equipe da Delegacia de Polícia de Uruana desenvolveu intenso trabalho investigativo que possibilitou a identificação e qualificação de todos os envolvidos na morte.

Publicados

em

PC realiza prisão de suspeito de participação de homicídio em Uruana. Foto: Captura de Vídeo da PC

A Polícia Civil (PC) através da Delegacia de Polícia de Uruana no Vale do São Patrício, com apoio da equipe da Delegacia de Crixás, integrantes da 10ª DRP, deflagrou a Operação Factum para dar cumprimento à um mandado de prisão em desfavor de um investigado no envolvimento em homicídio praticado em Uruana em que os suspeitos gravaram vídeo torturando a vítima antes da matá-la.

O indivíduo preso assim como outros dois investigados morava no imóvel em que a vítima foi executada. A vítima era um adolescente de 14 anos de idade que foi torturada e morta por supostamente pertencer a facção criminosa rival.

A vítima foi atraída para o imóvel onde foi morta por um dos investigados que era mais próximo a ela. Ao chegar no imóvel foi torturada e em seguida morta. Os vizinhos desconfiaram dos barulhos e ligaram para a Polícia Militar (PM). No entanto, no momento da chegada dos militares os indivíduos fugiram pelos fundos do imóvel, abandonando o corpo no local.

Leia Também:  Turismo em Goiás cresce três vezes mais que média nacional e tem maior alta do país em abril

Ao tomar conhecimento sobre os fatos a equipe da Delegacia de Polícia de Uruana desenvolveu intenso trabalho investigativo que possibilitou a identificação e qualificação de todos os envolvidos na morte.

Ato contínuo, houve representação pela prisão cautelar dos indivíduos que estavam em liberdade, e após essa prisão que ocorreu em Mozarlândia, já são quatro os envolvidos nesse homicídio presos pela PC. Após a prisão o indivíduo ele foi submetido a realização de relatório médico no hospital municipal e em seguida recolhido no presídio de Mozarlândia, onde está à disposição do Poder Judiciário.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA