Plantão Policial

Em Goiás, menina de 10 anos morre após levar choque elétrico ao colocar celular para carregar

O avô da criança acredita que choque tenha sido provocado por extensor que estava com fio descascado. O fato aconteceu na zona rural de Quirinópolis.

Publicados

No sábado (27), uma menina de 10 anos morreu após levar um choque elétrico em casa, na zona rural de Quirinópolis. Conforme informações da Polícia Militar (PM), o avô da criança acredita que ela tenha levado um choque ao colocar o celular para carregar em uma extensão, que estava com um fio descascado.

Para a PM, o idoso relatou que o irmão mais novo da menina viu quando ela tomou o choque e gritou pelo avô, que estava no cômodo ao lado. De acordo com o idoso, ele fez uma massagem cardíaca na neta para tentar reanimá-la, mas a menina não resistiu.

Uma equipe da PM compareceu ao local, próximo à rodovia GO-206, e informou a morte da criança à delegada plantonista, que solicitou perícia da Polícia Técnico-Científica. O corpo da menina foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

O fato já está sendo é investigado pela Polícia Civil (PC) e foi inicialmente classificado como choque elétrico.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Goianésia, dois açougues são furtados e levadas as balanças
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PRF apreende carga irregular de combustível avaliada em cerca de R$ 400 mil

Cada veículo transportava 60 mil litros de combustível, e apresentaram documentação fiscal inidônea, indicando suspeita de fraude no recolhimento de impostos ao Estado

Publicados

em

A Policia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 120 mil litros de etanol, na noite desta segunda-feira (12), na BR 153, em Jaraguá. A carga estava em dois caminhões bitrem e está avaliada em cerda de R$ 400 mil.

Os caminhões trafegavam juntos pela rodovia quando foram parados pela PRF na unidade de Jaraguá. Cada veículo transportava 60 mil litros de combustível, e apresentaram documentação fiscal inidônea, indicando suspeita de fraude no recolhimento de impostos ao Estado.

Os motoristas alegaram a PRF que carregaram em Paulínia, no interior paulista, e o combustível seria descarregado em Piripiri, no Piauí.

As carretas foram escoltadas pela PRF na noite desta segunda-feira, até Goiânia, na sede da Secretaria de Economia (SECON-GO), que ficará responsável pela aplicação das penalidades tributárias cabíveis, que podem chegar a R$ 100 mil.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Goianésia, GPT realiza prisão de trio suspeito de tráfico de drogas
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA