Plantão Policial

Em Rio Verde, idoso é morto com um tiro na cabeça após sair para caçar em fazenda

A vítima Lindomar Celestino de Araújo de 70 anos, foi baleado na cabeça e morreu no local.

Publicados

A vítima Lindomar Celestino de Araújo tinha 70 anos.

Um idoso foi morto com um tiro na cabeça em uma fazenda na tarde do último sábado (3), em Rio Verde. Conforme o delegado responsável pelo caso, Adelson Candeo, ele saiu para caçar com dois conhecidos e foi baleado com um tiro na cabeça por um deles.

Segundo Adelson, os dois suspeitos já foram identificados, prestaram depoimento em Jataí, foram liberados, mas serão ouvidos novamente, nesta segunda-feira (5), em Rio Verde.

“Houve um desentendimento no local, os dois indivíduos eram irmãos e um deles deu um tiro no senhor. Eles fugiram do local em uma camionete e foram até Jataí, onde um deles mora, e depois desapareceram”, explicou.

A investigação apontou que os três homens eram conhecidos e saíram pra caçar juntos. Lindomar Celestino de Araújo, de 70 anos, foi baleado na cabeça e morreu no local. O Instituto Médico Legal (IML) esteve na fazenda e o corpo está na unidade de Jataí, mas ainda não foi liberado para os familiares.

Leia Também:  PM de Jaraguá realiza prisão de dois homens

O Batalhão Rural da Polícia Militar de Goiás (PMGO) esteve no local, mas a reportagem não conseguiu contato para maiores informações. Ligações foram feitas na manhã desta segunda-feira (5). Os nomes dos suspeitos não foram divulgados.

Investigação

O delegado explicou que no veículo em que os suspeitos fugiram havia vestígios do crime. “Tinha um cachorro morto na carroceria, o que chamou muita atenção, além de um facão” disse. De acordo com ele, o facão pode ser da vítima, mas não há a confirmação.

O proprietário e o caseiro da fazenda informaram que os três homens passaram o dia inteiro na fazenda bebendo, tiveram um desentendimento e o idoso foi morto. Os homens saíram para caçar usando duas armas, um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 12.

A esposa de um dos autores disse que o marido estava com um ferimento na mão quando retornou à fazenda. À mulher, ele disse que teria feito uma besteira e precisava consertar.

“Temos que analisar porque esse cachorro estava morto, se tem relação com o crime e porque esse senhor foi morto com um tiro na cabeça”. Os envolvidos e os familiares serão ouvidos no decorrer da semana para maiores informações. Os suspeitos estão foragidos.

Leia Também:  Governo de Goiás anuncia cadastro de novas entidades no Programa Auxílio Nutricional

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PM é acionada após homens serem atingido por disparos, em Rianápolis

Em decorrência da necessidade de atendimento médico especializado, os dois indivíduos foram encaminhados para Ceres. A equipe policial acompanhou os feridos, garantindo a segurança e a integridade física dos envolvidos.

Publicados

em

Cidade de Rianápolis no Vale do São Patrício.

A Polícia Militar (PM) foi acionada na noite desta terça-feira (16), para responder a relatos de disparos de arma de fogo, com dois indivíduos feridos em Rianápolis no Vale do São Patrício. Os militares ao chegarem no local, confirmou a veracidade dos relatos, embora o autor dos disparos já tivesse fugido.

A PM foi informada posteriormente, que os dois feridos haviam sido levados ao posto de saúde do município. Os policiais ao chegar na unidade de saúde, a equipe encontrou o indivíduo com uma lesão de perfuração por arma de fogo no braço direito e algumas escoriações pelo corpo. Um outro indivíduo não foi atingido por disparos de arma de fogo, mas apresentava um deslocamento no ombro.

As vítimas ao serem questionadas sobre os fatos, ambos afirmaram não se lembrar do ocorrido e declararam não ter informações a fornecer. Um levantamento dos antecedentes criminais foi realizado, não sendo encontrado nenhum mandado de prisão em aberto até a data atual.

Leia Também:  Em Rialma, advogados protestam contra a proposta do TJ-GO de anexar Comarca à de Ceres

Em decorrência da necessidade de atendimento médico especializado, os dois indivíduos foram encaminhados para Ceres. A equipe policial acompanhou os feridos, garantindo a segurança e a integridade física dos envolvidos.

A Polícia Civil (PC) já está investigando o crime. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA