Plantão Policial

Em Rubiataba, corpo é encontrado à beira de estrada vicinal

De acordo com a Polícia Técnico-Científica, a vítima teria sido alvejada por pelo menos três disparos de arma de fogo, principalmente nas costas, embora não tenha sido possível descartar a ocorrência de disparos na região facial, face à quantidade significativa de sangue que havia no local.

Publicados

Em Rubiataba, corpo de homem é encontrado à beira de estrada vicinal. Foto: PM

Por volta de 22h45 deste domingo (7), a Polícia Militar (PM) foi acionada em Rubiataba no Vale do São Patrício, para atender uma ocorrência de um suposto homicídio. As informações davam conta que foi encontrado um corpo às margens de uma estrada vicinal, paralela à rodovia GO-434, onde dá acesso a uma usina na zona rural do município.

Os militares ao chegarem no local, se depararam com o corpo de um homem, ainda não identificado, no chão, apresentando lesões graves no rosto e na boca, com exposição de massa cefálica. Ainda, havia fragmentos dentários espalhados ao redor indicavam a violência do ataque.

A PM tratou da situação como homicídio em decorrência da natureza das feridas. Bem próximo ao corpo da vítima, foi encontrado um projétil de munição, sugerindo o uso de arma de fogo no crime. Desta forma, a área foi isolada pela polícia para preservar evidências do local do suposto crime.

Leia Também:  Dois são detidos após briga em cavalgada em Ceres; Assista

Foi solicitado o apoio da Polícia Civil (PC), ainda foi acionado o Instituto Médico Legal (IML) e Polícia Técnico-Científica para comparecer ao local e realizar a remoção do corpo, além de iniciar os procedimentos de identificação da vítima.

De acordo com a Polícia Técnico-Científica, a vítima teria sido alvejada por pelo menos três disparos de arma de fogo, principalmente nas costas, embora não tenha sido possível descartar a ocorrência de disparos na região facial, face à quantidade significativa de sangue que havia no local.

A vítima ainda não foi identificada e a Polícia Civil local já está investigando o crime.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Homem é preso suspeito de atropelar e matar mulher em motocicleta; Assista

A delegada da PC, disse que o investigado ingeriu bebida alcóolica, entendendo que ele assumiu o risco de provocar o acidente.

Publicados

em

Homem é preso suspeito de atropelar e matar mulher em motocicleta. Foto: Captura do Vídeo

Um motorista que não teve a identidade divulgada é suspeito de atropelar e matar uma mulher de 22 anos e deixar o companheiro dela de 25 anos, com lesões graves. Ele foi preso nesta sexta-feira (24) em Aparecida de Goiânia. Conforme a Polícia Civil (PC), antes do acidente o motorista consumiu bebidas alcóolicas em uma distribuidora.

As imagens de câmeras de segurança mostram quando o casal está trafegando em uma motocicleta e é surpreendido pelo veículo que acerta eles de frente. Em decorrência do impacto, a moto é arremessada a vários metros de distância e o casal fica caído no chão. Através de outra câmera que também registrou o acidente, é possível visualizar o homem e a mulher no asfalto. Eles parecem não conseguir se mexer.

A delegada da PC, Luiza Veneranda, que investiga o caso, disse que em 31 de março o suspeito de 52 anos saiu de uma distribuidora de bebidas, dirigiu na contramão e, em alta velocidade, provocou o acidente que matou Hester Valéria Pereira Dutra.

Leia Também:  Suspeito de estuprar a filha de 4 anos em Ceres é preso na cidade de Uruana

“Acabou provocando um acidente que ocasionou no falecimento da vítima Hesther, de 22 anos, bem como nas lesões corporais gravíssimas do seu companheiro”, disse a delegada.

A delegada disse também que no curso das investigações a PC descobriu que o motorista faz uso de remédios controlados que não poderiam ser misturados com bebida alcóolica. Segundo a PC, o motorista investigado não prestou socorro às vítimas e saiu do local do acidente. O homem Ele é portador de epilepsia.

“A partir desses elementos eu representei pela prisão desse investigado por entender que agiu em dolo eventual, ou seja, ele assumiu o risco de provocar o evento doloso”, disse Luiza.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA