COVID-19

Ex deputado estadual, Leo Mendanha, morre por complicações da Covid-19

Publicados

Morreu na noite desta terça-feira (6), por complicações da Covid-19, o ex deputado estadual Liosmar Evaristo Mendanha, o Léo Mendanha, 66 anos. O ex deputado estava internado desde 17 de março para tratar a doença, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ficou intubado e sedado para recuperar a capacidade pulmonar, que chegou a 90% de comprometimento

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), publicou uma homenagem ao pai em rede social.
“É difícil expressar o sentimento que está no meu peito. Perdi não só um pai, perdi não só um amigo, perdi o maior incentivador da minha vida. Meu pai era meu alicerce, era minha base, minha raiz, minha estrutura abaixo da envergadura que me tornei”, disse Gustavo em rede social.

Gustavo Mendanha também está Internado para tratar a Covid-19, mas o prefeito de Aparecida testou negativo nesta terça-feira, ele segue na unidade medica fazendo fisioterapia para se recuperar. Além dele, a esposa, dois filhos e a mãe também tiveram coronavírus mas não precisaram de internação

Leia Também:  Idosa morre após ambulância sair da pista na GO-080, entre São Francisco de Goiás e Petrolina de Goiás

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), lamentou a morte de Léo Mendanha em rede social. “Foi com muita tristeza que recebi a notícia da morte do ex-deputado Léo Mendanha. Gracinha e eu reforçamos nossas orações para que Deus conforte os familiares, representados pelo prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, e dê forças nesse momento de dor. Contem com a gente”, postou Ronaldo Caiado.

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia disse em nota que as informações sobre o traslado do corpo de São Paulo para Aparecida e o sepultamento serão repassadas quando estiverem disponíveis.

Léo Mendanha era comerciante e corretor de imóveis. Nasceu em 29 de novembro de 1954, em Inhumas. Era casado com Sônia Melo Mendanha, de 61 anos, e deixa três filhos: Gustavo, Danilo e Thaize Mendanha.

Foi eleito deputado estadual em 1995 e reeleito em 1999. Também foi vereador em Aparecida de Goiânia entre 1989 e 1992.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESTADO

Em Goiás, decreto proíbe atividades não essenciais aos finais de semana; Confira

Publicados

em

O Governo de Goiás divulgou nesta terça-feira (13) o novo decreto com medidas restritivas no estado. De acordo com o documento, as atividades não essenciais ficam proibidas aos finais de semana. As determinações valem por 14 dias.

Ainda segundo o decreto, as atividades comerciais poderão funcionar em turnos diários de até seis horas, mas os seus respectivos horários de funcionamento serão definidos pelas gestões municipais.

Clique aqui e veja na íntegra o decreto.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Procurador do município de Barro Alto é alvo de Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA