Goianésia: Jovem é morto e uma pessoa fica ferida por bala perdida

Publicados


Por volta das 22h10 desta quinta-feira (25), as forças policiais de Goianésia registraram mais um homicídio na cidade. O terceiro em uma semana. A vítima, Wesley Martins de Araújo, o Gorilinha, de 18 anos, foi alvejado com vários disparos de arma de fogo calibre 9 mm.

Informações colhidas no local dão conta de que o jovem estava em uma mesa de uma lanchonete residencial na Rua Osvaldo de Matos, quase esquina com a Rua 54, Residencial Ipê, região norte de Goianésia, comendo espetinho quando um veículo, ainda não identificado, de cor prata ou cinza, se aproximou e o passageiro lhe desferiu os disparos de arma de fogo.

Além de Wesley Martins, uma segunda pessoa, uma jovem de 18 anos, que estava no local, mas não na companhia de Wesley, também foi baleada. Ela foi atingida no ombro esquerdo por uma bala perdida e após receber os primeiros socorros pela equipe de emergência da cidade foi deixada sob os cuidados médicos na Unidade de Pronto Atendimento – UPA – e não corre risco de morrer. Já Wesley Martins não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A Polícia Militar isolou o local e através do seu serviço de inteligência deu início às investigações juntamente com a Polícia Civil, enquanto que a Polícia Técnico-Científica realizou a perícia para em seguida liberar o corpo ao Instituto Médico Legal – IML.

Leia Também:  Água Limpa: Filho de vereador é suspeito de assassinar a ex-mulher

Segundo a polícia, Wesley Martins possuía passagens pela polícia apenas por posse de drogas para consumo próprio. Este foi 11º homicídio do ano em Goianésia.

Homicídios em Goianésia em 2019

1º – Erick Wevertton Alves Fernandes, de 20 anos. Morreu no dia 29 de janeiro no Hospital de Urgências de Anápolis – HUANA – depois de ser baleado na Rua 25 Norte, Bairro Carrilho, na noite anterior.

2º – Janderson Luiz Ferreira, de 31 anos, foi alvejado por quase 30 disparos de arma de fogo (9 mm e 380) em um bar no Bairro Amigo.

3º – Carlos Afonso dos Santos, de 28 anos, foi alvejado por vários disparos de arma de fogo (calibre 380) em sua residência na Rua 51, Bairro Muniz Falcão, chegou a ser conduzido para a Unidade de Pronto Atendimento – UPA – mas não resistiu aos ferimentos.

4º – Willian Rodrigues, de 23 anos, foi morto com 05 tiros de pistola calibre 380 na Rua 03, próximo à Rua 04, Bairro Amigo.

5º – Osmar do Couto, de 52 anos, foi morto com disparos de arma de fogo após se desentender com seu colega de trabalho no Assentamento Vitória, Zona Rural de Goianésia.

Leia Também:  Alvos em Goiás da Operação Mendacium estão foragidos

6º – Jairo Macedo de Sousa, de 22 anos, morreu no início da noite de domingo, 28, uma semana depois de ser esfaqueado em um bar, na Avenida Contorno, Bairro São Cristóvão.

7º – Marcos Vinícius F. Machado Borges, de 14 anos, morreu após ser esfaqueado durante uma festa maína no Clube do Gasa depois de ser esfaqueado na noite do dia 11 de maio.

8º – Lúcio Monteiro Alves da Silva, de 27 anos, morreu no último dia 13 vítima de bala perdida após ser alvejado com pelos menos dois disparos em um bar no Bairro Amigo durante um tiroteio no dia 16 fevereiro.

9º – Alexandre Alecrim Guimarães, o Duba, de 30 anos, morto com vários disparos de pistola .40 e 9 mm na noite do dia 19 de julho, no Residencial Paulo Dias.

10º – Renato Quintino de Andrade, de 32 anos, morto a tiros na noite do dia 20 de julho, em sua residência no Parque Araguaia.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Homem é preso por furtar carne e kit de talheres em supermercado, em Goianésia

O suspeito de furto foi levado para a Delegacia de Polícia Civil onde poderá responder pelo crime de furto.

Publicados

em

Um homem de 35 anos foi preso neste sábado, 25, após ser flagrado pelas câmeras de segurança de um supermercado em Goianésia no Vale do São Patrício, furtando um pacote de carne, kit de talheres, conjunto de facas e um pacote de bolachas.

A Polícia Militar (PM) de posse das imagens, identificaram o suspeito como um velho conhecido para polícia, principalmente pela prática deste tipo de crime. Ao ser encontrado e preso em sua residência na região central da cidade, o homem não esboçou nenhum tipo de reação.

Aos militares o suspeito informou que havia vendido parte dos produtos em uma distribuidora de bebidas por R$ 80,00 e em seguida deslocou-se até uma boca de fumo para fazer uso de entorpecentes e devolver uma blusa de frio que havia pegado emprestada para cometer o crime, enquanto que havia comido o pacote de biscoito.

Com a prisão do suspeito, os militares deslocaram até a distribuidora de bebidas, e durante diligências encontrou o homem que havia adquirido os produtos. Ele afirmou ter comprado um kit de talheres e o conjunto de facas por R$ 80,00 mas em sua defesa disse que não sabia ser objetos de crime, e de forma imediata devolveu os objetos.

Leia Também:  PRF prende motorista deficiente dirigindo veículo roubado

O suspeito de furto foi levado para a Delegacia de Polícia Civil onde poderá responder pelo crime de furto.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA