Governo de Goiás inaugura novo Centro de Diagnóstico do Crer

Publicados


Na manhã desta segunda-feira (15), será inaugurado o novo prédio do Centro de Diagnóstico do Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer). A solenidade contará com as presenças de autoridades do Governo de Goiás. Essa é a terceira etapa de expansão física da unidade. A estrutura recebe o nome de Centro de Diagnóstico Dom Antônio Ribeiro de Oliveira, uma homenagem ao Arcebispo Emérito de Goiânia, que morreu em fevereiro de 2017, aos 91 anos.

“O Crer é uma referência no Brasil quando o assunto é reabilitação de pacientes. E ao longo de 15 anos tem disseminado novas práticas que contribuem para o avanço da saúde no cenário nacional. Essa nova estrutura do Centro de Diagnóstico fortalece ainda mais a qualidade do atendimento”, destaca o governador Marconi Perillo.

Com uma área de 3,5 mil metros quadrados, o prédio possui cinco pavimentos devidamente mobiliados e prontos para atender a população. Tem uma estrutura moderna com o principal objetivo de humanizar e otimizar o atendimento. O Crer conta com profissionais especializados, equipamentos modernos e controle interno e externo de qualidade de exames de laboratório e radiodiagnóstico, que garante mais conforto e segurança aos pacientes.

O espaço do novo Centro de Diagnóstico contempla uma nova recepção de exames e salas de coletas de sangue. No novo local funcionará ainda o Laboratório de Análises Clínicas com tecnologia de última geração para a realização de prevenção, diagnóstico e monitoramento de doenças com acompanhamento terapêutico. Também haverá a realização dos exames de Neurofisiologia, Neuromodulação, Eletrocardiograma, Espirometria, Urodinâmica, além de três salas com equipamentos de Ultrassom.

Leia Também:  MP realiza operação para apurar desvios e fraudes na Prefeitura de Itaberaí

O Crer disponibiliza ainda exames de métodos Gráficos, além de exames de Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética, BERA, Mamografia e Raio X, que são todos digitalizados. A mudança para o novo prédio promove melhor acomodação dos exames e acolhimento aos pacientes. Outra novidade é a instalação de um novo aparelho de Raios X com fluoroscopia (equipamento telecomandado através de controle remoto). A sala já foi adequada e está em fase de instalação do equipamento.

No novo ambiente terá ainda a ampliação de exames de oftalmologia e terapias de estimulação visual e a Central de Laudos da Imaginologia e o Centro de Estudos. O ensino e a pesquisa são áreas que contribuem para o avanço da qualidade, da excelência e da capacidade de inovação, com benefícios voltados aos pacientes e à sociedade. O Crer possui um forte compromisso com a capacitação profissional, atestado em sua missão de oferecer assistência à saúde da pessoa com deficiência, fundamentada no ensino e pesquisa.
Muito mais que um exemplo a ser seguido, Dom Antônio faz parte da história do Crer, seus valores ajudaram a construir e sedimentar uma trajetória sólida pautada na ética e atenção àqueles que mais necessitam. Para a cerimônia de inauguração do prédio, Daniel Ribeiro de Oliveira, sobrinho de Dom Antônio, estará presente representando toda a família.
O Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer) ao longo dos seus 15 anos de funcionamento buscou melhorias contínuas nos seus processos e no atendimento à sociedade. É uma instituição jovem, mas extremamente madura em seu histórico de conquistas e realizações. É o primeiro centro de reabilitação do Brasil acreditado com excelência pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o primeiro hospital público com atendimento exclusivo pelo Sistema Único de Saúde (SUS) da Região Centro-Oeste com esta certificação.

Leia Também:  Hoje é o último dia para motoristas quitarem pendência com o Detran-GO e evitar multa

A unidade é reconhecida como CER IV (Centro Especializado em Reabilitação) pelo Ministério da Saúde. É habilitado a atuar na reabilitação das quatro modalidades de deficiência: física, auditiva, visual e intelectual e em uma década e meia de serviços já realizou mais de 14,5 milhões de procedimentos. São cerca de 1.600 pessoas atendidas por dia e 126 mil procedimentos realizados por mês.

Desde a inauguração a instituição já passou por um significativo crescimento na sua estrutura física, organizacional, e na prestação dos serviços oferecidos a população. Iniciou suas atividades com 8.823 metros quadrados e atualmente conta com 33.275 metros quadrados. As ampliações da estrutura física impactaram exponencialmente o atendimento prestado à sociedade. Todo o crescimento da Instituição foi pautado no planejamento estratégico, com a finalidade de promover melhorias na qualidade do atendimento ofertado aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além de ampliação fisicamente, o Crer também cresceu no atendimento à sociedade. Desde o início das atividades, em 2002, o hospital apresenta uma dinâmica surpreendente de crescimento e inovação. São alguns dos resultados do Crer em 15 anos de história: 408.596 mil pessoas atendidas; 50.9 mil cirurgias; 9.3 milhões de procedimentos de reabilitação multiprofissional; 3.4 milhões de exames; 1.1 milhão de consultas médicas; 92 mil próteses confeccionadas; 100.4 mil procedimentos odontológicos e 57 mil atendimentos domiciliares realizados.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CONCURSO

Abertas as inscrições para o concurso da Polícia Penal de Goiás

Certame oferece 1,6 mil vagas, com salário inicial de R$ 5,9 mil; seleção exige diploma de nível superior.

Publicados

em

DGPP vai receber 1,6 mil novos policiais penais: inscrições para o concurso seguem abertas até 14 de agosto. Foto: DGPP

Estão abertas, a partir desta terça-feira (16), as inscrições para o concurso público que vai preencher 1,6 mil vagas para o cargo de policial penal em Goiás. O cadastro deve ser feito pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), com taxa de R$ 150. Para concorrer ao cargo, o candidato deve ter diploma de nível superior, em qualquer área, registrado em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).  O salário inicial para o cargo é de R$ 5.971,42, para uma carga horária de 40 horas semanais.

O certame será conduzido pelo IBFC, sob coordenação da Secretaria de Estado da Administração (Sead), e os aprovados serão lotados na Diretoria-Geral de Polícia Penal (DGPP), órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). O exercício do cargo exige a realização de viagens e a prestação de serviços fora do expediente e do local de trabalho.

A seleção será dividida em sete fases: prova objetiva, prova discursiva, avaliação médica, avaliação de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação de vida pregressa e investigação social e avaliação de títulos. Candidatos com deficiência também passarão por avaliação de equipe multiprofissional. A data provável da aplicação das provas objetiva e discursiva é 15 de setembro, nas cidades de Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Formosa, Goiânia, Goianésia, Itaberaí, Luziânia, Rio Verde e São Luís de Montes Belos.

Leia Também:  Caiado condena abusos e anuncia que Governo de Goiás não vai cobrar ICMS sobre aumentos nos preços dos combustíveis estabelecidos pela Petrobras

O período de inscrições vai até o dia 14 de agosto de 2024. O edital completo está disponível no portal do IBCF (www.ibfc.org.br) e no site da Sead – em Acesso Rápido / Concursos e Seleções.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA