Plantão Policial

Homem mata mulher a facadas por ciúmes, em Alexânia; Assista

Com o registro do óbito desta quarta-feira, eleva para 20, o número de feminicídios registrados em Goiás somente neste ano de 2024.

Publicados

Suspeito e a vítima. Foto: Reprodução

Uma mulher de 32 anos foi morta com várias facadas nesta quarta-feira (22), na cidade de Alexânia. O suspeito preso em flagrante, companheiro da vítima, disse que não estava arrependido.

Os policiais penais que passavam pela região de Alexânia foram acionados por populares que afirmaram ter visto uma mulher sendo esfaqueada no meio da rua. Quando chegaram no local, a vítima já estava sem vida.

O homem foi preso nas proximidades, com uma faca nas mãos, o companheiro dela, que tem 48 anos, confessou o crime, e alegou que estava sendo traído há três anos. Indagado se estaria arrependido, o homem disse que não. “Dane se ela”, disse aos policiais.

Com o registro do óbito desta quarta-feira, eleva para 20, o número de feminicídios registrados em Goiás somente neste ano de 2024.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Goiás possui 13 mil mandados de prisão sem cumprir acumulados ao longo dos anos
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PC realiza operação contra grupo suspeito de falsificar documentos para pagamentos judiciais de mais de R$ 30 milhões; Assista

Conforme a PC, estão sendo cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em Goiás e em outros cinco estados da federação.

Publicados

em

PC realiza operação contra grupo suspeito de falsificar documentos para pagamentos judiciais de mais de R$ 30 milhões. Foto: PC

Na manhã desta quarta-feira (19), a Polícia Civil (PC) está cumprindo 33 mandados de prisão e 35 de busca e apreensão contra um grupo suspeito de aplicar golpes contra a administração pública, envolvendo o levantamento de alvarás de pagamentos judiciais fraudulentos. O prejuízo, segundo as investigações da PC é de R$ 31,8 milhões.

No estado de Goiás, estão sendo cumpridos mandados em Goiânia, Trindade, Aparecida, Anápolis e Anicuns. Há ainda cumprimentos nos estados da Bahia, Rio de Janeiro, Tocantins, Maranhão e Pará.

Primeira fase da operação

Na primeira fase da operação denominada “Alvará Criminoso”, que foi deflagrada em novembro de 2022, a PC já havia cumprido 27 mandados de busca e apreensão e 12 mandados de prisão preventiva. Na ocasião, os investigadores apuraram que o grupo tinha como modo de agir a falsificação de alvarás judiciais.

Leia Também:  Professor é investigado por enviar foto pelado em grupo de alunos

Conforme a PC, advogados cediam acesso ao sistema do Tribunal de Justiça e assinavam os documentos como se fossem juízes. Com os alvarás fraudulentos em mãos, outros integrantes do grupo levantavam os respectivos valores que se encontravam depositados nas contas judiciais.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA