Plantão Policial

Imagens registram pedreiro matando cliente de bar a facadas por ciúmes da namorada

Conforme a Polícia Civil, Cleomar Baia da Silva foi indiciado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio.

Publicados

Imagens registram pedreiro matando cliente de bar a facadas por ciúmes da namorada. Foto: Captura de Vídeo

As imagens de um vídeo mostram o pedreiro Cleomar Baia da Silva de 49 anos, matando o cliente de um bar com 17 facadas após ficar com ciúmes da namorada, em Goiânia.

Através do vídeo é possível visualizar o momento em que o suspeito chega ao local e esfaqueia Marciano José de Jesus de 43 anos. A pessoa de Iris Pereira Lima dos Santos de 40 anos, tenta defender o amigo e também é esfaqueado. Conforme a polícia, ele ficou em estado grave, mas sobreviveu.

O crime

O crime ocorreu em novembro de 2023, no Condomínio das Esmeraldas na capital, mas o suspeito foi localizado e preso na quinta-feira (28), na zona rural de Formoso do Araguaia, no estado do Tocantins. Segundo a Polícia Civil (PC) através da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), Cleomar matou Marciano após ver a vítima xavecando com sua namorada no bar.

“O suspeito sentiu ciúmes da namorada. Ele chegou e viu a vítima xavecando a namorada dele e, dominado por ciúmes, saca uma arma da cintura e desfere ao menos 17 facadas contra a vítima. O amigo dele tenta interferir e acaba recebendo facadas também”, explicou o delegado da PC, Carlos Alfama.

Leia Também:  PRF e PC realizam operação na BR-153 em Jaraguá; Assista

De acordo com o delegado, Cleomar foi indiciado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio. Caso ele seja condenado, ele pode pegar até 40 anos de prisão.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Em Rialma, confronto nas dependências do Ministério Público termina com a PM

A escalada da tensão foi percebida pelos funcionários, que acionaram prontamente a PM. Com a chegada dos militares, o suspeito tentou trancar todos no interior do prédio, tomando posse de uma chave.

Publicados

em

Em Rialma, confronto nas dependências do Ministério Público termina com a PM. Foto: PM

A Polícia Militar (PM) foi acionada na tarde deste sexta-feira (12) por volta de 14h38, para intervir em uma situação de ameaça, desacato, desobediência e injúria nas dependências da sede do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) em Rialma no Vale do São Patrício.

Conforme os serventuários do MP-GO, um homem de 61 anos adentrou o prédio buscando informações sobre a internação compulsória de seu filho, que estava demonstrando comportamento agressivo e violento, inclusive contra o próprio pai. Entretanto, a situação tomou um rumo diferente quando o filho que seria a pessoa para ser internado compulsoriamente, entrou no MP-GO, ultrapassando os limites permitidos para atendimento ao público e passou a proferir insultos e ameaças em desfavor dos servidores. De forma agressiva ele pressionou dois deles contra a parede, alegando que estavam encobrindo a situação de seu pai e que tomaria medidas similares contra eles.

A escalada da tensão foi percebida pelos funcionários, que acionaram prontamente a PM. Com a chegada dos militares, o suspeito tentou trancar todos no interior do prédio, tomando posse de uma chave.

Leia Também:  Jânio Darrot é alvo de operação da PC que investiga fraude em contratação em Trindade

Através de contato com o pai do suspeito o mesmo confirmou a versão dos serventuários, adicionando que as agressões físicas relatadas eram frequentes e insustentáveis e por conta da situação, buscou auxílio no MP-GO para internar o filho.

Após intervenção da polícia, todos os envolvidos foram encaminhados para à Delegacia de Polícia Civil local para os procedimentos de praxe.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA