Acidente

Irmão de deputado federal que morreu em acidente na BR 153 vai ser velado em Ceres

Publicados

O corpo de Marcilon Moura de 60 anos, irmão do deputado federal Célio Moura (PT), foi transportado para Ceres, onde será velado. Marcilon morreu na noite deste sábado (2) em um acidente de trânsito na rodovia BR 153 no norte do Tocantins.

A vítima Marcilon Moura deixou a esposa e dois filhos

Célio Moura segue internado no Hospital Regional de Araguaína (HRA), com várias lesões pelo corpo e deve ser transferido para uma unidade de Brasília ainda neste domingo (3).

A assessoria de comunicação de Célio Moura informou que o irmão do deputado era caminhoneiro e costumava dirigir nas viagens de trabalho do parlamentar. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), neste sábado o veículo em que os irmãos estavam atingiu um caminhão que estava na direção contrária.

Deputado Federal Célio Moura (PT)

Nesta manhã o corpo da vítima foi levado à Ceres, em um carro funerário, e será velado na casa da família. A cerimônia deve começar por volta de 19h00. Marcilon Moura deixou a esposa e dois filhos.

Leia Também:  Acidente na BR-153 próximo ao trevo de Itapaci deixa morador de Nova Glória ferido

A assessoria de Célio Moura informou que o parlamentar quebrou um braço, fraturou costelas e perfurou o pulmão, mas não corre risco de morte. Ele vai passar por uma avaliação neste domingo antes de ser transferido em uma UTI aérea para Brasília.

Quem compara lê o JORNAL DO VALE – Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Acidente

Em Niquelândia, bebê morre após ser atingido por coice de cavalo na zona rural

Publicados

em

Um bebê de 1 ano e nove meses morreu após ser atingido por coice de um cavalo no final da manhã deste domingo (24), na zona rural do povoado Vila Taveira Faz Tudo em Niquelândia.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu prestar socorro à vítima e levá-la a uma unidade de saúde, mas ela morreu cerca de 30 minutos depois. O soldado Lucas Rocha participou do atendimento e contou que, segundo a família, o filho estava brincando próximo ao animal quando foi atingido com um coice. Como o neném era muito pequeno, ele chegou a ser arremessado pelo golpe do animal.

“Imediatamente os pais viram e vieram levando-o de carro em direção à cidade. Recebemos o chamado e fomos ao encontro deles. Como é uma fazenda na zona rural do povoado, foram cerca de 40 minutos até encontrarmos com a família na rodovia”, disse.

No caminho até o Hospital Municipal Santa Efigênia, os bombeiros notaram que o paciente tinha sinais vitais, mas que estavam fracos. Ministraram oxigênio para ajudar na respiração e o imobilizaram.

Leia Também:  Beneficiários do auxílio emergencial recebem hoje R$ 1,4 bilhão

“Chegando ao Hospital, caíram muito os sinais vitais dele. O médico chegou a entubar, mas cerca de 30 minutos depois ele faleceu”, completou.

Também de acordo com Rocha, como o golpe foi forte e a vítima ainda era muito frágil, a suspeita é que o coice tenha afetado muitos órgãos vitais, já que atingiu a vítima no tórax.

JORNAL DO VALE – Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA