Marconi aprova privatização de rodovias estaduais na Comissão Mista

Publicados


O governador Marconi Perillo (PSDB) articulou sua base e conseguiu aprovar no dia 12, na Comissão Mista da Assembleia Legislativa a privatização de 600 quilômetros de rodovias no Estado. 

A gestão Marconi quer conceder por 35 anos, seis trechos de rodovias estaduais à iniciativa privada, para que a mesma cuide dos serviços de operação, manutenção, conservação e monitoramento. Em contrapartida à prestação dos serviços e para custeá-los, as empresas ganhadoras das licitações poderão cobrar pedágio, cujo valor não consta na matéria.

A matéria recebeu oito votos contrários dos deputados José Nelto, Paulo Cezar Martins, Lívio Luciano (PMDB), Delegada Adriana Accorsi, Luis Cesar Bueno,  Humberto Aidar (PT), Major Araújo (PRP) e  Henrique Arantes (PSDB).

Contrários à iniciativa, vários parlamentares se manifestaram. O deputado Luis Cesar Bueno (PT), por exemplo, reclamou da superficialidade do texto, que apresentaria poucos artigos. “Não há qualquer menção à política tarifária e a contrapartidas. Ao mesmo tempo, há possibilidade de cobrança em regiões metropolitanas e redução da porteira de cobrança de 100 para 50 quilômetros, o que prejudica a população”, declarou. Para preencher lacunas do texto o parlamentar apresentou cinco emendas, mas todas foram rejeitadas pelo líder do Governo, deputado Francisco Oliveira (PSDB).

Leia Também:  Mês de fevereiro deve ser marcado por muitas chuvas em Goiás

Ao pedir a palavra o deputado Henrique Arantes (PTB) também se manifestou contrário à matéria tal qual se apresenta, uma vez que reduz a distância entre as praças de pedágio e não exige das concessionárias necessidade de duplicação das rodovias que ainda têm pista única. “A cobrança de pedágio sem exigência de duplicação causará uma revolta social! Pessoas só aceitam pagar pedágio em rodovias duplicadas, onde há possibilidade de ultrapassagens rápidas e seguras”, explicou.

Por fim o deputado José Nelto (PMDB) também posicionou-se contrário à concessão pensada pelo projeto de lei. “Será o pedágio mais caro do Brasil, e cobrado a cada 50 quilômetros, quando nas rodovias federais o intervalo é de 100 quilômetros. De Goiânia a Catalão, por exemplo, um carro comum pagará R$ 70,00 ida e volta. Caminhões podem ter que arcar com até R$ 120,00”, calculou o parlamentar. Ele ainda prometeu apresentar emenda em Plenário alterando o texto.

As rodovias selecionadas para a privatização são a GO-010, trecho Goiânia/entroncamento com a GO-330; a GO-020, trecho Goiânia/Bela Vista/Cristianópolis/Pires do Rio/Catalão; GO-060, trecho Goiânia/São Luís de Montes Belos/Iporá/Piranhas; GO-070, trecho Goiânia/cidade de Goiás; GO-080, trecho Goiânia/São Francisco de Goiás (entroncamento da BR-153); e a GO-213, trecho Morrinhos/Caldas Novas.

Leia Também:  Lideranças de religião de matriz africana denunciam ações violentas da polícia na busca por Lázaro Barbosa

Da Redação com Goiás Real

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESTADO

Governo de Goiás lança Temporada do Araguaia e Operação Férias Turista Seguro 2022

No lançamento, serão apresentados os novos materiais e equipamentos utilizados na operação, o material educativo, além do embarque do reforço dos militares que partem para rios e balneários do estado. Uma das marcas da operação será o melhor uso da tecnologia na proteção da vida. Drones serão utilizados pelos bombeiros.

Publicados

em

O governo de Goiás lança na quinta-feira (30) às 8 horas, a Temporada Araguaia 2022 e a Operação Férias Turista Seguro do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO). A coletiva de imprensa será no 1º Batalhão Bombeiro Militar, na Rua 66, n° 253, no Centro de Goiânia, perto do Parque Mutirama. O objetivo principal da ação é evitar mortes por afogamento, em especial no Rio Araguaia, durante o mês de julho. A ação conta com parcerias da Semad Goiás (Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás), Secretaria de Estado de Esporte e Lazer e da Goiás Turismo.

No lançamento, serão apresentados os novos materiais e equipamentos utilizados na operação, o material educativo, além do embarque do reforço dos militares que partem para rios e balneários do estado. Uma das marcas da operação será o melhor uso da tecnologia na proteção da vida. Drones serão utilizados pelos bombeiros.

As imagens captadas por uma câmera de alta resolução instalada no aparelho são transmitidas em tempo real para um tablet que fica com o piloto. O equipamento apoia o trabalho do Corpo de Bombeiros em salvamentos aquáticos e terrestres, na busca de pessoas e no resgate de corpos afogados.

Leia Também:  Mês de fevereiro deve ser marcado por muitas chuvas em Goiás

O Corpo de Bombeiros Militar voltará a falar sobre a importância do uso do colete salva-vidas. Ele é o principal equipamento de segurança aquática e evita a morte por afogamento. Um bom colete deve oferecer flutuabilidade, modelagem ajustada, boa amplitude de movimentos para os braços, tirantes resistentes e dispositivos de ajuste bem eficientes.

O trabalho educativo também será realizado para sensibilizar a população da importância de pequenos cuidados como forma de evitar grandes tragédias. Há mais de quatro décadas, o CBMGO faz anualmente a proteção dos turistas durante as férias do mês de julho.

São mais de 200 quilômetros de proteção ao longo do Araguaia e seus afluentes. Os bombeiros empenhados na operação compõem grupo seleto de profissionais especializados no salvamento em ambientes aquáticos. Eles receberam treinamentos intensivos de salvamento aquático com aeronave, salvamento aquático em áreas alagadas, sobrevivência em áreas cercadas por águas, técnicas de salvamento aquático, travessias de longa duração, operações de busca e resgate subaquático, manutenção e operação de embarcações.

Serviço

Leia Também:  Lideranças de religião de matriz africana denunciam ações violentas da polícia na busca por Lázaro Barbosa

Operação Férias Turista Seguro 2022 e Temporada Araguaia

Data: Quinta-feira, dia 30, às 8 horas.

Local: 1º Batalhão Bombeiro Militar. R. 66, nº 253, Setor Central (próximo ao Parque Mutirama).

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA