Plantão Policial

Mulher aciona PM após ser vítima de agressão em zona rural de Jaraguá

Ao chegar no local, os militares constataram que uma senhora, que possui medidas protetivas em vigor, foi vítima de agressão por seu ex-companheiro, o qual descumpriu uma ordem judicial.

Publicados

Mulher aciona PM após ser vítima de agressão em zona rural de Jaraguá. Foto: PM

A Polícia Militar (PM) através da equipe do Batalhão Rural, após ser acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica na zona rural do município de Jaraguá no Vale do São Patrício, deslocou imediatamente até o local para averiguar os fatos.

Ao chegar no local, os militares constataram que uma senhora, que possui medidas protetivas em vigor, foi vítima de agressão por seu ex-companheiro, o qual descumpriu uma ordem judicial. O homem também possui registro criminal por furto, foi preso em flagrante. Ele não teve o nome divulgado, razão pela qual não localizamos a sua defesa.

Vítima em Ceres

Na zona rural de Ceres, uma outra equipe do Batalhão Rural atendeu a um chamado de ocorrência, no qual a vítima relatou ter sido agredida fisicamente por seu marido, que também lhe tomou o celular e realizou ameaças. O homem foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos de praxe. O suspeito não teve a identidade divulgada, razão pela qual nossa reportagem não localizou a sua defesa.

Leia Também:  Em Goiás, dupla é presa suspeita de ameaçar PM de folga e familiares para roubar arma

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Tesoureiro de banco é suspeito de desviar R$ 3,5 milhões para jogos virtuais

O BRB realizou denúncia após perceber irregularidades contábeis em uma das agências do DF.

Publicados

em

Um tesoureiro de uma agência do Banco de Brasília S.A. (BRB) é alvo de uma operação da Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF) por suspeita de desviar R$ 3,5 milhões para jogos de apostas virtuais.

Conforme informações, o BRB realizou a denúncia após perceber irregularidades contábeis em uma das agências do Distrito Federal. A PC-DF deflagrou a operação com mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de valores das contas do investigado.

O suspeito retirava o dinheiro e depositava em sua conta pessoal e por ter acesso ao cofre e saber das operações de caixa, ele falsificava documentos para esconder os desvios da tesouraria.

O homem usava o dinheiro para jogos de apostas virtuais, indicou a investigação. A PC-DF ainda apura se outros servidores estiveram envolvidos no esquema.

Houve o bloqueio de R$ 3,5 milhões e a investigação ainda conseguiu o bloqueio judicial de valores na conta corrente, ativos financeiros, investimentos e seguros de vida no nome do servidor até o montante supostamente desviado.

Leia Também:  Em Rio Verde, motorista alcoolizado provoca acidente e tenta fugir na BR-060

O homem que não teve o nome divulgado é investigado por peculato e lavagem de dinheiro e as penas podem chegar a 22 anos de prisão.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA