Operação 404

Operação internacional de combate à pirataria online cumpre mandados de prisão em Goiás

Conforme a PC-GO, os investigados podem ser indiciados ainda por associação criminosa e lavagem de capitais.

Publicados

A Polícia Civil de Goiás (PC-GO) através da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos, apresenta, nesta terça-feira, 21, a Operação 404.4, com o objetivo de reprimir crimes praticados contra a propriedade intelectual na Internet.

“A ação faz parte de mobilização internacional coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Ministério da Justiça e Segurança Pública), Polícias Civis e Agências de Aplicação da Lei dos Estados Unidos e Reino Unido”, afirma a corporação.

Conforme a polícia, a ação integrada no combate à pirataria online está sendo deflagrada com a colaboração das embaixadas dos Estados Unidos (Homeland Security Investigations – HSI e Departamento de Justiça – DOJ) e do Reino Unido no Brasil (IPO – Intellectual Property Office e PIPCU – Police Intellectual Property Crime Unit), Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil, além da cooperação de associações de proteção da propriedade intelectual no Brasil.

“As polícias civis de 11 estados (AL, BA, ES, GO, MG, MT, PA, PE, RJ, RS e SP) realizaram buscas e apreensões, além do bloqueio de sites e aplicativos. No Brasil, a pena para quem prática esse crime é de reclusão, de dois a quatro anos, e multa (art. 184, §3º do Código Penal Brasileiro). Os investigados podem ser indiciados ainda por associação criminosa (art. 288 – CP) e lavagem de capitais (art. 1º – Lei 9.613/1998)”, afirma a PC.

Leia Também:  Prefeitura de Ceres realiza comemoração ao Dia das Crianças no Parque Curumim

Segundo a polícia, a Operação 404 iniciou em 2019 e já se encontra na quarta fase:

  • 1ª Etapa – 01 de novembro de 2019: 12 estados e 30 mandados de busca e apreensão, bloqueio de 210 sites e 100 apps de streaming ilegal de conteúdo.
    • 2ª Etapa – 05 de novembro de 2020:10 estados e 25 mandados de busca e apreensão, bloqueio de 252 sites e 65 apps de streaming ilegal de conteúdo.
    • 3ª Etapa – 08 de julho de 2021:08 estados e 11 mandados de busca e apreensão, bloqueio de 334 sites e 94 apps de streaming ilegal de conteúdo.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PC Jaraguá recupera celular furtado de vitrine de loja especializada em Jaraguá

Os agentes das PC conseguiram identificar e localizar o autor do furto e apreender o aparelho celular.

Publicados

em

O proprietário de uma loja especializada em vendas de celulares procurou a Delegacia da Polícia Civil de Jaraguá em Jaraguá, na tarde desta quarta-feira (29) e informou que um indivíduo esteve na loja simulando que queria comprar um celular.

Em determinado momento, ele pediu água para a vendedora e assim que ela foi buscar, ele abriu a vitrine e subtraiu um aparelho celular. O furto ocorreu no início da tarde do dia anterior (28).

Em decorrência das informações repassadas pela vítima, somada as diligências policiais, no final da tarde de quarta-feira, os agentes das PC conseguiram identificar e localizar o autor do furto e apreender o aparelho celular. Face à ausência de flagrante, o inquérito policial foi instaurado através de portaria. O celular será devolvido ao devido proprietário. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vários veículos são apreendidos durante tumulto na BR-060 causado por promoção em loja de móveis e eletroeletrônicos
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA