Plantão Policial

Prefeito de Iporá Naçoitan Leite entrega à polícia

O delegado regional da Polícia Civil (PC), Ramon Queiroz, confirmou que ele se entregou na manhã desta quinta-feira (23).

Publicados

Prefeito de Iporá, Naçoitan Araújo Leite (sem partido).

O prefeito de Iporá, Naçoitan Araújo Leite (sem partido) se entregou à polícia após atirar contra a ex-mulher e o namorado dela em Iporá. Na ocasião câmeras de segurança filmaram quando o prefeito invadiu a casa da mulher com uma caminhonete.

O delegado regional da Polícia Civil (PC), Ramon Queiroz, confirmou que ele se entregou na manhã desta quinta-feira (23).

Através de nota enviada enquanto o prefeito estava foragido, a defesa alegou que não houve “qualquer intenção, naquela ocasião ou em qualquer outra, de atingir a integridade física de quem quer que seja”.

A invasão ocorreu na madrugada do dia 18 deste mês e o prefeito fugiu logo após o crime. O Poder Judiciário decretou a prisão de Naçoitan no sábado (18).

Veja a nota da defesa de Naçoitan Leite:

A defesa do Sr. Naçoitan Araújo Leite, que teve seu nome vinculado a um suposto ato criminoso tentado de feminicídio ocorrido em Iporá-GO, no dia 18/11/2023, vem a público esclarecer e negar a ocorrência de tal conduta, pois a relação conjugal noticiada já tinha se encerrado e não havia nenhum interesse de ambas as partes na reconciliação.

Nunca houve por parte do Sr. Naçoitan Araújo Leite qualquer intenção, naquela ocasião ou em qualquer outra, de atingir a integridade física de quem quer que seja.

A defesa informa ainda que maiores esclarecimentos serão prestados às autoridades competentes, no momento oportuno, depois do acesso a todos os documentos da investigação policial, vez que os autos estão sob sigilo, por incrível que possa parecer.

Era o que tinha a informar.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Itapaci: Suspeito de matar homem e colocar fogo no corpo é indiciado pela PC por homicídio qualificado
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Tesoureiro de banco é suspeito de desviar R$ 3,5 milhões para jogos virtuais

O BRB realizou denúncia após perceber irregularidades contábeis em uma das agências do DF.

Publicados

em

Um tesoureiro de uma agência do Banco de Brasília S.A. (BRB) é alvo de uma operação da Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF) por suspeita de desviar R$ 3,5 milhões para jogos de apostas virtuais.

Conforme informações, o BRB realizou a denúncia após perceber irregularidades contábeis em uma das agências do Distrito Federal. A PC-DF deflagrou a operação com mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de valores das contas do investigado.

O suspeito retirava o dinheiro e depositava em sua conta pessoal e por ter acesso ao cofre e saber das operações de caixa, ele falsificava documentos para esconder os desvios da tesouraria.

O homem usava o dinheiro para jogos de apostas virtuais, indicou a investigação. A PC-DF ainda apura se outros servidores estiveram envolvidos no esquema.

Houve o bloqueio de R$ 3,5 milhões e a investigação ainda conseguiu o bloqueio judicial de valores na conta corrente, ativos financeiros, investimentos e seguros de vida no nome do servidor até o montante supostamente desviado.

Leia Também:  Mais de 136 toneladas de drogas são apreendidas pela polícia de Goiás em dois anos

O homem que não teve o nome divulgado é investigado por peculato e lavagem de dinheiro e as penas podem chegar a 22 anos de prisão.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA