Plantão Policial

PRF apreende em Goiás carga milionária de cocaína que abasteceria Brasília; Assista

Ao fiscalizar o carro, os policiais encontraram cerca de 65 kg de cloridrato de cocaína dentro do porta-malas do veículo, coberta por um blusão de frio.

Publicados

PRF apreende em Goiás carga milionária de cocaína que abasteceria Brasília. Foto: Captura de Vídeo da PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na madrugada desta segunda-feira (10), na rodovia BR-414, em Anápolis, aproximadamente 65 kg de cloridrato de cocaína.

Tudo começou quando agentes da PRF deram ordem de parada para o condutor de um veículo Ford KA que estava em alta velocidade e não guardava distância de segurança do veículo que seguia a sua frente.

Ao fiscalizar o carro, os policiais encontraram cerca de 65 kg de cloridrato de cocaína dentro do porta-malas do veículo, coberta por um blusão de frio.

Conforme informações do motorista de 32 anos, que já cumpriu pena por tráfico, ele pegou a droga em um shopping de Goiânia para entregar a uma determinada pessoa na Capital Federal.

A droga, o Ford KA e o motorista foram encaminhadas para a Central de Flagrantes da Polícia Civil em Anápolis. O nome do homem não foi divulgado, razão pela qual não localizamos a sua defesa.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Uruana, mulher é presa suspeita de tráfico de drogas; Mulher detida dentro de ônibus pela PM
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

PC realiza operação contra grupo suspeito de falsificar documentos para pagamentos judiciais de mais de R$ 30 milhões; Assista

Conforme a PC, estão sendo cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em Goiás e em outros cinco estados da federação.

Publicados

em

PC realiza operação contra grupo suspeito de falsificar documentos para pagamentos judiciais de mais de R$ 30 milhões. Foto: PC

Na manhã desta quarta-feira (19), a Polícia Civil (PC) está cumprindo 33 mandados de prisão e 35 de busca e apreensão contra um grupo suspeito de aplicar golpes contra a administração pública, envolvendo o levantamento de alvarás de pagamentos judiciais fraudulentos. O prejuízo, segundo as investigações da PC é de R$ 31,8 milhões.

No estado de Goiás, estão sendo cumpridos mandados em Goiânia, Trindade, Aparecida, Anápolis e Anicuns. Há ainda cumprimentos nos estados da Bahia, Rio de Janeiro, Tocantins, Maranhão e Pará.

Primeira fase da operação

Na primeira fase da operação denominada “Alvará Criminoso”, que foi deflagrada em novembro de 2022, a PC já havia cumprido 27 mandados de busca e apreensão e 12 mandados de prisão preventiva. Na ocasião, os investigadores apuraram que o grupo tinha como modo de agir a falsificação de alvarás judiciais.

Leia Também:  Irmãos suspeitos de estuprar ao menos seis crianças são presos pela Polícia Civil

Conforme a PC, advogados cediam acesso ao sistema do Tribunal de Justiça e assinavam os documentos como se fossem juízes. Com os alvarás fraudulentos em mãos, outros integrantes do grupo levantavam os respectivos valores que se encontravam depositados nas contas judiciais.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA