Acidente em Jataí

Soldador morre após ser atropelado enquanto voltava do trabalho de bicicleta

O motorista suspeito de fugir sem prestar socorro foi preso após ser localizado. No teste do bafômetro foi constatada embriaguez. Uma amiga da vítima lamenta morte “Não é justo”.

Publicados

Paulo Sérgio Ferreira Gonçalves de 51 anos, morreu depois de ser atropelado por uma caminhonete enquanto voltava do trabalho de bicicleta em Jataí. Ele era soldador e conforme Polícia Militar (PM), o condutor do veículo, que fugiu sem prestar socorro, foi localizado e fez o teste do bafômetro, que acusou embriaguez. Assim, ele foi preso, mas a reportagem não localizou a defesa do detido para que se manifestasse.

O atropelamento aconteceu na noite de quinta-feira (16). No dia seguinte, o corpo do trabalhador foi velado no Memorial Municipal de Jataí e enterrado no início da tarde. De acordo com uma amiga e vizinha da vítima, Sara Maria, a família está desolada.

“Eu sinto a dor, como se eu fosse da família, porque eu vejo os filhos dele todos sofrendo. Ele deixou seis filhos. Então, eu acho que não é justo. Uma pessoa trabalhadora como ele, vindo do trabalho, e acontecer uma tragédia dessa”, desabafou.

Conforme o tenente André Leão, da PM, após o atropelamento, o motorista fugiu sem prestar socorro, mas pessoas que estavam na região viram a vítima e acionaram a polícia, que conseguiu localizar e prender o suspeito. Ao fazer o teste do bafômetro, o aparelho acusou 0,91 miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

Veículo que atropelou a vítima.

“Foi conduzido ele, juntamente com o veículo, para a delegacia de polícia, onde este foi autuado por homicídio culposo, por embriaguez ao volante e por ter omitido e se evadido do local que aconteceu os fatos”, disse o militar.

Leia Também:  Caminhão perde o controle e tomba próximo ao trevo da GO 139

A vizinha de Paulo Sérgio disse que a família espera que a justiça seja feita. “Nada vai trazer ele de volta, mas que a justiça seja feita nesse caso. A falta que ele vai fazer não tem tamanho”, disse a amiga da vítima.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Acidente

Motorista de ônibus de viagem morre após passar mal enquanto dirigia por rodovia federal, em Goiás

Conforme a PRF, o profissional entrou em uma plantação de soja quando começou a passar mal; passageiros não se feriram.

Publicados

em

Um motorista morreu depois de passar mal enquanto dirigia um ônibus interestadual pelo km 224 da BR-364, entre Jataí e Mineiros, na região sudoeste de Goiás. O veículo transportava 40 pessoas. Nenhuma delas ficou ferida.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista conseguiu tirar o ônibus da pista e entrou em uma lavoura de soja quando começou a passar mal. O veículo chegou a se chocar em um poste, mas ninguém se machucou. O incidente aconteceu na manhã da última quinta-feira (25).

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) constatou a morte do motorista, mas a causa ainda não foi esclarecida. O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e, em seguida, encaminhado para a cidade de Mineiros, onde ele morava.

Os passageiros seguiram viagem em outro veículo enviado pela empresa responsável pelo ônibus.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceresClique aqui

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Incêndio na Chapada dos Veadeiros é controlado
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA