Plantão Policial

Suspeito de arrombar e furtar sede da Subseção da OAB-Ceres é preso; Três pessoas são detidas por receptação

Publicados

A Polícia Civil (PC) identificou o homem de 28 anos que furtou a sede da Subseção da OAB-Ceres, além de três pessoas suspeitas de receptação foram detidas.

O suspeito de cometer o crime de furto, foi ouvido pela PC e foi liberado por não estar em situação de flagrante.

Os relógios furtados na loja da Casag na OAB Ceres, foram recuperados e três pessoas suspeitas de receptação não tiveram os nomes divulgados pela PC, foram ouvidas e liberadas após os pagamentos de fianças.

 

Furto é confessado

O suspeito do furto da sede da Subseção da OAB-Ceres confessou que furtou nove tablets novos da Secretaria Municipal de Saúde de Ceres, sem uso dentro das caixas lacrados. O crime teria ocorrido no feriado de 15 de novembro ou no final de semana que antecedeu o feriado.

Os tablets custaram R$ 2 mil cada um e não foram recuperados. O suspeito que é usuário de droga, disse para a PC que colocou os aparelhos dentro de um saco de lixo e trocou por drogas.

Secretaria Municipal de Saúde de Ceres, onde foram furtados os tablets.

 

Leia Também:  PC prende suspeito de se passar por policial para aplicar golpes

Antecedentes

O suspeito da autoria dos furtos é da cidade de Porangatu e possui passagem por tentativa de homicídio na sua cidade e em Nova Glória é investigado por suspeita de estupro.

Em Porangatu, o homem cumpre pena pela tentativa de homicídio. Conforme a PC, ele estava apenas assinando durante a pandemia, ele deixou de assinar e não compareceu mais em juízo.

Segundo a PC, de Porangatu o homem veio para Nova Glória e desta cidade para Ceres, onde está há cerca de um mês e tem cometidos furtos para sustentar o vício.

O nome do homem não foi divulgado.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 –www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceresClique aqui

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Caso Wanderson: Mãe e filha são sepultadas em Corumbá de Goiás

As buscas por Wanderson se concentram em três cidades do Entorno do DF. Além de Corumbá de Goiás, a força tarefa também faz buscas em Alexânia e Abadiânia.

Publicados

em

Os corpos da mulher, de 21 anos, e a filha, de quase dois, foram sepultadas, na manhã desta terça-feira (30), em um cemitério de Corumbá de Goiás. A mãe e a filha, foram veladas na mesma cidade e teriam sido assassinadas por Wanderson Mota Protácio com golpes de faca, no último domingo (28). Familiares e amigos acompanharam os sepultamentos.

O suspeito, que tem 21 anos, também é apontado como o suspeito de assassinar um fazendeiro de 73 anos. As investigações apontam que o foragido trabalhava como caseiro para o homem. A mulher da vítima de 45 anos, sobreviveu ao ataque e está consciente, orientada e estável.

As buscas por Wanderson se concentram em três cidades do Entorno do DF. Além de Corumbá de Goiás, a força tarefa também faz buscas em Alexânia e Abadiânia. O delegado responsável pelo caso, Tibério Martins Cardoso, disse que a estimativa é de 70 policiais trabalhando no caso.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceresClique aqui

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Goianésia, PM realiza prisão de suspeito de tráfico
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA