Política

Câmara de Vereadores de Iporá substitui prefeito pela vice e encaminha impeachment após decreto de prisão

A vice-prefeita disse que está pronta para assumir, mas vai esperar o Poder Judiciário confirmar decisão da Câmara tomada nesta segunda (20).

Publicados

Vice-prefeita Maysa Cunha (Progressistas). Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de Iporá deu o primeiro passo para o impeachment do prefeito Naçoitan Leite. Ele é considerado foragido da Justiça.

De forma unanimidade, os vereadores aprovaram que a vice-prefeita Maysa Cunha (Progressistas) já substitua Naçoitan até a definição se ele será destituído ou não.

Maysa explicou que isso não significa que ela vá, automaticamente, assumir de imediato com todos os poderes. “A Câmara decidiu, corretamente, consultar o Poder Judiciário a respeito, tendo em vista haver permissão para que o prefeito se ausente por até 15 dias”, disse.

Ela disse que está tranquila para ficar no cargo sem assinar, “para encaminhar qualquer urgência que a cidade tiver”. Caso a ausência injustificada do prefeito perdure por 15 dias, sem que a Justiça se manifeste, ela tem condições legais de assumir com total poder a partir do 16º dia.

Maysa Cunha é formada em Direito e Serviço Social, não é mais da base do prefeito. “Eu não era sequer convidada para os eventos da prefeitura. Fui cem por cento alijada logo após a eleição, especialmente por ser mulher, e hoje vivo esse momento curioso”, comenta.

Leia Também:  Membros de facção criminosa são mortos em confronto com a PM

Sobre o crime do prefeito

Em relação ao episódio pessoal envolvendo o prefeito, suspeito de descarregar duas pistolas e destruir a casa da ex-mulher, ela disse que não quer fazer um “julgamento precipitado e antiético”, mas também não se omitiu de comentar.

“Este episódio é o retrato da violência contra a mulher no Brasil e da força que a mulher tem quando ela não se cala. É hora de conscientizar todos sobre isso”, avaliou.

Comissão processante da Casa de Leis

Com a presença de várias pessoas no auditório, nesta segunda-feira (20) pela manhã, a Câmara de Vereadores instaurou uma comissão processante para analisar a situação do prefeito Naçoitan. O processo foi desencadeado por um requerimento da vereadora Viviane Specian que pedia a posse da vice Maysa e, como consequência, o impeachment de Naçoitan.

Agora a comissão tem até 90 dias para decidir sobre o processo, mas a expectativa é de que a decisão venha antes. Embora criado nesta segunda, o processo já está avançado porque se trata de flagrante de tentativa de feminicídio e de homicídio com grande quantidade de provas, inclusive vídeos e depoimentos também nas mãos da Polícia Civil (PC).

Leia Também:  Carreta bitrem carregada com produto perigoso tomba e colide com árvore, resultando em um óbito na GO-210; Assista

Até o momento não há notícias se o prefeito pretende se entregar para à PC. A defesa do mesmo entrou com novos recursos, mesmo a liminar indeferida no Habeas Corpus no Plantão Judiciário do último final de semana.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Caiado lança calendário de torneios de pesca 2024

Ao lado do ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula, governador anuncia campeonatos de pesca esportiva com eventos de março a outubro.

Publicados

em

Governador Ronaldo Caiado e ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula, lançam calendário oficial de pesca esportiva 2024: estímulo para o turismo local. Foto: Rômulo Carvalho

O turismo de pesca esportiva recebeu investimento de R$ 1,2 milhão do Governo do Estado para os eventos Circuito Goiano de Pesca Esportiva e Gigantes do Araguaia. Os torneios fazem parte do calendário oficial de competições de 2024 lançado, nesta segunda-feira (19/02), pelo governador Ronaldo Caiado e o ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula. Ao todo, quatro competições terão apoio para sua realização, entre os meses de março e outubro.

Esta é a terceira vez consecutiva que o Estado patrocina o setor. “Esse esporte sofisticado movimenta a economia e faz com que a nossa sociedade, cada vez mais preparada, se desenvolva com respeito ao meio ambiente”, explicou o governador. Para ele, o valor aplicado deve retornar em forma de emprego e renda, “trazendo melhores condições de vida para as pessoas que moram nas regiões ribeirinhas”.

O ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula, disse que Goiás é destaque na pesca esportiva, com atração de grande número de equipes, inclusive de outros países, e profissionalização do segmento. “É o calendário do maior circuito de pesca do país”, enalteceu. “E é uma pesca sustentável porque cuida do meio ambiente, gera recursos, empregos e vínculos afetivos”, acrescentou.

Leia Também:  AGI participa de debate com escritores hoje (19)

A programação do Circuito Goiano de Pesca Esportiva prevê oito etapas em sete municípios: Três Ranchos, Buriti Alegre, Alexânia, Luziânia, Catalão, São Simão e Niquelândia. Já o Gigantes do Araguaia ocorre em Aruanã, Nova Crixás (distrito de Bandeirantes) e São Miguel do Araguaia (distrito de Luiz Alves). Entre as novidades, estão os eventos para mulheres, o “Tucuna Queen”, em Três Ranchos, e o “Encontro de Pescadoras”, em Luiz Alves.

A pesca esportiva é uma atividade de lazer que tem entre as principais características a devolução dos peixes vivos para a água. A Goiás Turismo estima que a modalidade reúna mais de nove milhões de turistas em rios e lagos goianos. Na região do Araguaia, por exemplo, a possibilidade de encontrar peixes de grande porte, como piraíbas e pirararas, chama a atenção dos competidores.

A meta do Governo de Goiás é transformar o estado em um dos três melhores destinos de pesca esportiva no Brasil, ao lado da bacia Amazônica e do Pantanal. “No ano passado, nós identificamos mais de 10 estados brasileiros aqui. Goiás está dando de presente para o Brasil um grande exemplo de política pública”, destacou o presidente da Agência Estadual de Turismo (Goiás Turismo), Fabrício Amaral.

Leia Também:  PC realiza prisão em flagrante autor de golpe da OLX; Vítima tem prejuízo de mais de 60 mil na compra de carro

Expectativa

O evento reuniu diversos prefeitos das regiões do Vale do Araguaia e da Serra da Mesa, além de outras autoridades, como o vice-governador Daniel Vilela e a secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Andréa Vulcanis. Competidores também marcaram presença. “Por muito tempo não tivemos patrocínio, fazendo os torneios de pesca apenas com amor, raça. Agora temos uma outra realidade, contando com o apoio do governo”, destacou um dos organizadores, Carlos Leite.

Calendário

  • Circuito Goiano de Pesca Esportiva (2 de março a 26 e outubro): Três Ranchos, Alexânia, Catalão, Niquelândia, Buriti Alegre, Luziânia e São Simão
  • Gigantes do Araguaia (9 de março a 19 de outubro): Aruanã, Bandeirantes (distrito de Nova Crixás) e São Miguel do Araguaia (distrito de Luiz Alves)
  • Tucuna Queen (feminino) (4 de maio e 21 de setembro): Três Ranchos
  • Encontro de Pescadoras (feminino) (data a ser definida): São Miguel do Araguaia (distrito de Luiz Alves)

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA