Cultura

Divulgado resultado do estúdio de gravação para o 22º Canto da Primavera

Músicos selecionados vão gravar profissionalmente durante o festival, que será realizado de 19 a 24 de setembro, em Pirenópolis.

Publicados

Divulgado resultado do estúdio de gravação para o 22º Canto da Primavera. Foto: Secult

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult), divulgou o resultado das propostas para gravação em estúdio da 22ª Mostra de Música Nacional de Pirenópolis – Canto da Primavera. Foram inscritos 42 artistas goianos, e destes, 12 estão selecionados, via edital, para gravar em espaço profissional. O número é o dobro da edição do ano passado, quando o projeto começou a ser realizado. 

O projeto disponibiliza um estúdio profissional para a gravação gratuita de trabalhos de músicos goianos durante o evento, que será realizado entre os dias 19 e 24 de setembro, em Pirenópolis. Cada artista ou banda poderá gravar até duas músicas autorais com captação, edição, mixagem e masterização, realizados por uma equipe profissional da área.

A 22ª edição do Canto da Primavera é promovida pelo Governo do Estado de Goiás, por meio da Secult, com a correalização da Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE). O evento ainda tem como parceiros a Prefeitura e Secretaria de Cultura de Pirenópolis, Secretaria de Estado da Retomada e Goiás Social.

Leia Também:  Corpo de Bombeiros encontrada corpo de criança arrastada por enxurrada em Aparecida de Goiânia

Além do estúdio e oficinas, a programação do festival terá 55 shows regionais e três atrações nacionais: os cantores Zeca Baleiro e Almir Sater e a Banda Maneva. Tudo gratuito.A lista dos artistas selecionados está disponível no site: cantodaprimavera.cultura.go.gov.br.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Mulher que foi espancada por fisiculturista morre em UTI

Na segunda-feira (20), Igor passou por audiência de custódia e teve a prisão mantida. Com a morte da esposa, ele deve passar a responder por crime de feminicídio.

Publicados

em

Igor Porto Galvão e Marcela Luise de Sousa. Foto: Reprodução

Marcela Luise de Sousa Ferreira 31 anos, que ficou toda “quebrada”, mais de dez fraturas confirmadas, e seguia em coma com quadro clínico considerado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Mônica, em Aparecida de Goiânia, após ser brutalmente espancada pelo marido, o fisiculturista e nutricionista Igor Porto Galvão, teve a morte cerebral confirmada na noite de segunda-feira (20), após 11 dias internada na unidade de saúde.

Dentre as lesões, a vítima sofreu traumatismo craniano em ambos os lados da cabeça, na base do crânio, fraturou a clavícula, oito costelas e teve várias escoriações pelo corpo.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por um tomógrafo específico para que os peritos tenham uma análise mais apurada de todas as lesões. O exame poderá determinar, inclusive, quando as fraturas foram causadas, já que há desconfiança que Marcela estivesse sofrendo violência dentro de casa de forma recorrente.

Leia Também:  Em Crixás, pai atravessa rio com balsa adaptada para deixar filha na escola

Na segunda-feira (20), Igor passou por audiência de custódia e teve a prisão mantida. Com a morte da esposa, ele deve passar a responder por crime de feminicídio.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA