Família está desesperada com desaparecimento do jovem

Delegacias de Ceres, Itaberaí e Anápolis trabalham em conjunto para investigar o desaparecimento de Murilo, familiares estão desesperados

Publicados

Familiares do estudante Murilo Ramos de Souza, de 25 anos, estão desesperados com o desaparecimento do jovem. O pai de Murilo, Sr. Cícero Martins Souza, não para de fazer buscas pelo filho, que desapareceu após ter o carro roubado em Itapuranga.

“Você fica com o coração muito doído, choroso. Deus vai trazer meu filho vivo”, disse Cícero, que desde domingo tem feito buscas, percorrendo vários locais em busca do filho. “Imagina o coração de um pai sabendo que um filho seu pode estar em lugar incerto, sem possibilidade que ele volte. Eu às vezes choro porque meu filho não está aqui sob o meu poder, mas ele está sob o poder de Deus”, disse.

Murilo foi visto pela última vez no sábado (26), após pedir o carro do pai emprestado para sair. Ele parou em uma praça para comer um espetinho. Um comerciante disse que ele estava sozinho na mesa e ficou pouco tempo.

A polícia acredita que os criminosos estavam por perto e decidiram seguir o jovem para roubar o carro. Uma imagem de câmera de segurança registrou o momento em que o carro em que Murilo estava é seguido por outro, em uma rua da cidade.

Leia Também:  Em Goiás, pai é preso suspeito de agredir bebê de 1 ano com espingarda

Segundo informações, a Polícia já investigava a quadrilha e após grampear o telefone de um dos suspeitos, ouviu em uma das ligações o local onde o veículo seria desmanchado. De posse da informação, a polícia foi até o local, onde houve troca de tiros e quatro suspeitos foram baleados e morreram no local. O carro roubado foi recuperado e quatro armas que estavam na posse dos suspeitos apreendidas. Mas, Murilo ainda não foi encontrado.

Os policiais das delegacias de Itaberaí, Ceres e Anápolis estão trabalhando de maneira conjunta para investigar o desaparecimento. Já o confronto está a cargo do Grupo de Investigação de Homicídios de Anápolis. Não foram passados detalhes para não atrapalhar o trabalho da polícia.

JORNAL DO VALE – Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 – www.jornaldovale.com 

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Em Anápolis, comerciante é morto a tiros após discutir com cliente sobre preço de carteira de cigarro

A vítima Reinaldo Godói da Silva, de 51 anos, foi morto a tiros na frente do próprio comércio por ter cobrado R$ 0,25 a mais por ter vendido “fiado” e autor não teria aceitado pagar o valor maior

Publicados

em

O comerciante Reinaldo Godói da Silva, de 51 anos, foi morto a tiros na frente do próprio comércio em Anápolis. Conforme as investigações da Polícia Civil (PC), a vítima discutiu com um cliente por causa do preço de uma carteira de cigarro e foi baleada em seguida.

O homicídio aconteceu no início da noite de sábado (21), de acordo com registros policiais. O delegado de plantão, Cleiton Lobo, disse que o autor e o carro em que ele estava foram identificados e estão sendo procurados.

“Os detalhes ficarão mais claros depois das oitivas, mas a discussão começou porque o autor foi pagar uma carteira de cigarro que havia comprado lá e o comerciante cobrou dele R$ 6. O cliente disse que o preço padrão era R$ 5,75, mas o comerciante disse que, como o cliente estava devendo – havia comprado ‘fiado’ – o valor a ser cobrado seria maior”, explicou.

Conforme o delegado, a conversa toda aconteceu em frente ao comércio da vítima, com o autor sentado dentro do carro e a vítima de pé do lado de fora do veículo. Lobo completou que em certo momento da discussão, o cliente sacou uma arma e atirou algumas vezes contra a vítima.

Leia Também:  Depois de 231 dias, escolas públicas e particulares podem reabrir em Goiás

“A perícia ainda vai confirmar o número de disparos. A princípio, foram quatro. A vítima ficou com duas lesões no tórax, do lado direito, e morreu no local”, completou.

Quem compara lê o JORNAL DO VALE – Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA