Vale do São Patrício

Deputado Talles Barreto acompanha comitiva de Rialma em reunião no TJ-GO para tratar sobre a extinção da unidade judiciária

O parlamentar afirmou que o grupo saiu esperançoso do encontro após explanar ao presidente a relevância da comarca para a cidade e toda região do Vale do São Patrício.

Publicados

O deputado estadual Talles Barreto, acompanhado do prefeito Fred Vidigal de Rialma e de um grupo de advogadas que atuam no município, esteve em reunião com o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO), desembargador Carlos Alberto França, para tratar sobre a extinção da unidade judiciária.

Ao final da reunião, o parlamentar afirmou que o grupo saiu esperançoso do encontro após explanar ao presidente a relevância da comarca para a cidade e toda região do Vale do São Patrício.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PF indicia José Dirceu, Vaccari e mais 12 pessoas em inquérito na Lava Jato
Propaganda

JUSTIÇA

Justiça mantém prisão de delegada Adriana Belém e mais três réus

Publicados

em

A delegada Adriana Belém continuará na cadeia. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (23), pelo juiz Marcello Rubioli, da 1ª Vara Criminal Especializada da Capital. Ele indeferiu o pedido de revogação da prisão da delegada e dos réus Marcos Cipriano, Leandro Souza e Jefferson Monteiro da Silva.

De acordo com a decisão, as defesas não comprovaram qualquer fato que altere o panorama de provas atual. “Ao contrário do que alegam as defesas, não há qualquer possibilidade de substituição das prisões por medidas cautelares, eis que presentes os pressupostos da prisão preventiva”, destacou o juiz na decisão.

O magistrado também pediu a intimação da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária para que informe se há condições de prisão de delegadas de polícia no sistema penal. A defesa de Adriana Belém alega que ela corre risco, por estar presa com outras detentas.

A reportagem entrou em contato com a defesa da delegada, mas ainda não obteve retorno. Adriana Belém foi presa no último dia 10, durante a Operação Calígula. Em sua casa, foi apreendido R$ 1,7 milhão em dinheiro.

Leia Também:  O que realmente o Papa disse sobre união de pessoas do mesmo sexo!

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA