Dicas de saúde com Dr. Fabiano Moura

Dr. Fabiano Moura

Publicados

Desvio do septo nasal

O septo, do latim septum (parede), é a parede que divide as duas fossas nasais. O desvio de septo consiste em uma tortuosidade do septo. É extremamente comum na população geral. Na verdade, é raro encontrar um paciente que não tenha desvio de septo. Obviamente a presença do desvio em si não configura imediatamente uma doença, pois a maioria das pessoas que tem desvios não tem sintomas associados, sendo apenas um achado sem significância clínica.

O desvio de septo pode ser interno e não visível, ou externo com alteração estética (nariz torto, por exemplo). Um paciente pode apresentar apenas um deles ou ainda ambos os desvios, interno e externo. Muitos pacientes têm desvio externo, ou seja, facilmente visível por fora. Trata-se de um desvio estético, que pode ser decorrente de um trauma ou do próprio desenvolvimento e crescimento do nariz.

Entretanto, chamo a atenção que é extremamente comum pacientes que têm desvios de septo sem sintomas e que realizam cirurgias estéticas nasais sem avaliação prévia do otorrinolaringologista. Muitos desses pacientes que não tinham sintomas respiratórios passam a tê-los depois da cirurgia puramente estética. O motivo é que um desvio que antes não era significativo naquele nariz, após a redução do tamanho do nariz, passa a ser importante. Na cavidade grande prévia à cirurgia ele não se mostrava um problema funcional, mas na cavidade pequena pós-cirúrgica passa então a ser patológico.

Leia Também:  Waldir Marques

Não podemos esquecer que, sempre que existe um problema de passagem de ar, existe também um problema de drenagem das secreções. Portanto, esses pacientes podem desenvolver sinusites crônicas. Daí a extrema importância de avaliar o nariz com o otorrinolaringologista para todas e quaisquer cirurgias de nariz. Nunca opere o nariz sem que um otorrinolaringologista avalie antes!

No caso dos desvios internos sem aparência externa, estes muitas vezes passam despercebidos pelas pessoas. Geralmente os desvios de septo são próprios do crescimento e, portanto, são de desenvolvimento muito lento. Para facilitar o entendimento eu digo que o septo cresceu mais que o nariz. Ou seja, o comprimento linear do septo é maior que o comprimento do nariz, portanto ele dobra. Outra situação problemática é quando o septo torto toca a parede lateral do nariz. Isso pode levar a dores de cabeça constantes.

Quando o septo desvia, ele toma lugar da passagem de ar e, como eu disse acima, também das drenagens de secreções. Muitas pessoas não têm a menor noção de que o nariz e os seios da face produzem diariamente cerca de um litro de secreções normais! São secreções que limpam constantemente o nariz e são deglutidas sem ao menos serem percebidas pelas pessoas. Mas esse equilíbrio dinâmico deve funcionar corretamente o tempo todo, e um desvio de septo vai prejudicar a drenagem das secreções.

Leia Também:  Luiz Claudio

Uma comparação: é como uma avenida reta, onde os carros andam livremente. Ao se deparar com uma curva, todos diminuem a velocidade. E, se o fluxo de carros é grande, uma hora na curva haverá um congestionamento. Assim ocorre com as secreções nasais: se houver um congestionamento, estas podem favorecer o crescimento de bactérias ou vírus, bem como favorecer a instalação de uma sinusite aguda ou até, em casos prolongados, a sinusite crônica.

O nariz deve funcionar bem 24 horas por dia. O seu mau funcionamento pode levar a muitos sintomas, como nariz entupido (pode ser sempre de um lado ou alternante, ora de um lado, ora do outro), voz anasalada, falta de ar, piora dos sintomas alérgicos (especialmente da rinite alérgica), desconforto ao dormir e praticar exercícios físicos, roncos etc. Procure um otorrino e respire confortavelmente pelo nariz 24 horas por dia!

Essas são as dicas do Dr. Fabiano Santana Moura. Otorrinolaringologista. Atende no Centro Clínico e Diagnóstico São Pio X. Telefone: 3307-1505. Whatsapp (62) 9962-6052

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Colunistas

Vejam as Pesquisas para Presidência e Governo em Goiás na Coluna Conexão Política por Luiz Claudio

Publicados

em

A Pesquisa realizada pelo instituto Brasmarket, trouxe também os números para a disputa a Presidência da República em Goiás. Confira os números:Cenário 1Jair Bolsonaro – 44,5%Lula – 32,4%Ciro Gomes – 5,6%João Dória – 2,3%Simone Tebet – 0,9%Luciano Bivar – 0,8%Indecisos – 3,5%Brancos e Nulos – 10,1%

RejeiçãoLula – 51,4%Jair Bolsonaro – 39,3%João Dória – 38,3%Ciro Gomes – 30,3%Luciano Bivar – 13,0%Simone Tebet – 8,3%A pesquisaO Brasmarket ouviu 800 pessoas entre os dias 9 e 13 de maio e a margem de erro máxima é de 3,4% pontos porcentuais. A pesquisa está registrada no TRE.

Pesquisa realizada pelo instituto Brasmarket, aponta que o Governador Ronaldo Caiado (União Brasil), lidera a disputa para o governo de Goiás.Caiado aparece na frente em todos os cenários. Veja os númerosCenário 1Ronaldo Caiado – 46,1%Gustavo Mendanha – 18,9%Major Vitor Hugo – 6,1%.Wolmir Amado – 1,3%Indecisos – 11,3%,Brancos e Nulos – 16,3%Cenário 2 (Com Marconi)Ronaldo Caiado – 44,1%Gustavo Mendanha – 16,1%Marconi Perillo – 9,6%Victor Hugo – 5,5%Wolmir Amado – 0,8%Indecisos – 9,6%Brancos e Nulos – 14,3%RejeiçãoMarconi Perillo – 46,3%Victor Hugo – 35,5%Wolmir Amado – 29,7%Ronaldo Caiado – 24,6%Gustavo Mendanha – 20,6%A pesquisaO Brasmarket ouviu 800 pessoas entre os dias 9 e 13 de maio e a margem de erro máxima é de 3,4% pontos porcentuais. A pesquisa está registrada no TRE.

Leia Também:  Dr. André Marques

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA