Plantão Policial

Em Trindade, PC realiza prisão de casal suspeito de matar filha de 3 anos

Conforme as informações divulgadas até o momento, a mãe e o padrasto da menina, são os principais suspeitos do crime. O corpo da criança apresentava vários hematomas e fraturas.

Publicados

A delegada da Polícia Civil (PC), Silvana Nunes disse que a família já tem um histórico familiar de agressões, principalmente a mãe da criança que infelizmente veio à óbito.

“A mãe acabou confessando que sempre espancava esses meninos, que sempre batia para educá-los entre aspas”, comenta a delegada.

Segundo Silvana, durante o depoimento a mulher informou que agrediu a filha com um soco no último domingo (12), mas que apenas ontem, ou seja, na segunda-feira, 13, a criança foi levada para o hospital para receber atendimento médico.

A delegada informou ainda que o filho mais velho de seis anos também apresentava lesões pelo corpo, e que durante o depoimento a mãe quis culpar o filho pelas lesões no corpo da irmã, mas o que não era compatível com a gravidade das lesões apresentadas.

“O de seis anos também apresenta várias lesões, ela inicialmente quis culpar o filho dela de seis anos, dizendo que o menino que batia na menina. O que também claro que é incompatível com a gravidade e o grau de lesão, apenas uma força grande no corpo dessa menininha de três anos que poderia ter ocasionado essas lesões”, salienta.

Leia Também:  Polícia desarticula quadrilha especializada em ataques a carros-fortes e agências bancárias

Em relação ao padrasto, a responsável por investigar o caso, informou que no depoimento ele disse que não agredia as crianças, mas, tinha conhecimento da violência praticada pela mãe e não impedia a mulher de agredir os filhos.

Conforme a delegada o casal vai ser indiciado por tortura com resultado morte.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Homem é preso por furtar carne e kit de talheres em supermercado, em Goianésia

O suspeito de furto foi levado para a Delegacia de Polícia Civil onde poderá responder pelo crime de furto.

Publicados

em

Um homem de 35 anos foi preso neste sábado, 25, após ser flagrado pelas câmeras de segurança de um supermercado em Goianésia no Vale do São Patrício, furtando um pacote de carne, kit de talheres, conjunto de facas e um pacote de bolachas.

A Polícia Militar (PM) de posse das imagens, identificaram o suspeito como um velho conhecido para polícia, principalmente pela prática deste tipo de crime. Ao ser encontrado e preso em sua residência na região central da cidade, o homem não esboçou nenhum tipo de reação.

Aos militares o suspeito informou que havia vendido parte dos produtos em uma distribuidora de bebidas por R$ 80,00 e em seguida deslocou-se até uma boca de fumo para fazer uso de entorpecentes e devolver uma blusa de frio que havia pegado emprestada para cometer o crime, enquanto que havia comido o pacote de biscoito.

Com a prisão do suspeito, os militares deslocaram até a distribuidora de bebidas, e durante diligências encontrou o homem que havia adquirido os produtos. Ele afirmou ter comprado um kit de talheres e o conjunto de facas por R$ 80,00 mas em sua defesa disse que não sabia ser objetos de crime, e de forma imediata devolveu os objetos.

Leia Também:  PC realiza prisão de homem por porte ilegal de arma de fogo, em Crixás

O suspeito de furto foi levado para a Delegacia de Polícia Civil onde poderá responder pelo crime de furto.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA