Educação

Escolas do Futuro de Goiás formam mais de 12 mil mulheres

Número representa 56% do total de concluintes dos cursos de tecnologia e artes; vagas para novas turmas estão abertas.

Publicados

Aluna Danielly Khalil está cursando a terceira formação consecutiva na Escola do Futuro: oportunidade de crescimento profissional. Foto: Secti

As Escolas do Futuro de Goiás formaram mais de 12 mil mulheres em cursos gratuitos de tecnologia e artes desde 2021. O número representa 56,4% das 21,4 mil pessoas que concluíram algum curso técnico, de capacitação ou qualificação neste período, em uma das seis unidades da instituição de ensino profissionalizante do Governo do Estado.

Uma delas é a jovem Danielly Khalil, aluna da Escola do Futuro de Goiás Luiz Rassi, em Aparecida de Goiânia. Ela concluiu os cursos de Produção de Games e Interação Virtual e de Impressão em 3D e agora está cursando Desenvolvimento Web e Mobile. “Progredir em um ambiente dominado por homens é desafiador, mas também uma oportunidade de contribuir para que mais mulheres se sintam encorajadas a entrar na área da tecnologia”, afirma.

A grande quantidade de mulheres em cursos profissionalizantes reflete esforço do Governo, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), para despertar, desenvolver e acelerar a presença de meninas e mulheres nas áreas de ciência, tecnologia e pesquisa. “Foi para isso que lançamos o programa Goianas na Ciência e Inovação, que atua para incentivar a presença de mulheres nessas áreas”, diz o titular da Secti, José Frederico Lyra Netto.

Leia Também:  Usina Uruaçu abre vagas para a safra 2022

O programa oferece vagas exclusivas para mulheres em cursos das Escolas do Futuro e outras ações da Secti, como cursos de robótica para crianças e adolescentes, além de vagas para manutenção e montagem de computadores. Fora isso, o Goianas na Ciência e Inovação também já lançou dois editais, via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), com previsão de R$ 2 milhões de auxílio financeiro para o incentivo e promoção de projetos.

Ensino profissionalizante

Presentes em cinco cidades, as Escolas do Futuro têm foco na formação de jovens que estão cursando o ensino médio ou superior e pessoas que procuram recolocação profissional ou querem empreender. O projeto foi implementado em 2021, após celebração de convênio entre o Governo de Goiás, via Secti, e a Universidade Federal de Goiás (UFG). As unidades estão com mais de 2.269 vagas abertas e as inscrições devem ser feitas pelo site efg.org.br/editais.

“Nos países ricos, de cada 100 alunos matriculados no ensino médio, 44 também fazem curso técnico. No Brasil, esse número cai para 11. Vamos mudar essa história a partir de Goiás. Sob a liderança do governador Ronaldo Caiado, nosso estado será referência em educação profissional e tecnológica para o país, assim como já é na educação básica”, relata o secretário José Frederico.

Leia Também:  Cresce o número de crianças e adolescentes conectados só pelo celular

A oferta dos cursos está organizada em trilhas associadas a três eixos tecnológicos: Informação e Comunicação; Gestão e Negócios; ou Produção Cultural e Design. Há opções de cursos de capacitação, com duração de dois meses; de qualificação profissional, com duração de cinco meses; cursos técnicos de nível médio, com duração de aproximadamente dois anos; além de curso superior de tecnologia, com duração de cerca de três anos.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EDUCAÇÃO

Caiado nomeia 312 novos professores para Rede Estadual de Ensino; Assista

Parte dos aprovados do concurso de 2022 foram convocados no final de abril e devem tomar posse no início de junho.

Publicados

em

Governador Ronaldo Caiado assina nomeação de 312 novos professores para a rede estadual de Ensino. Fotos: Secom

O governador Ronaldo Caiado assinou, na terça-feira (21), a nomeação de mais 312 novos professores para a rede estadual de Ensino. Os educadores foram aprovados no concurso para professor PIII da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realizado em 2022, e convocados no final de abril. Em 8 de maio, foram nomeados outros 309 aprovados.

Conforme Edital de Convocação nº 002/2024, os nomeados poderão tomar posse a partir do dia 4 de junho. A posse será on-line, mediante assinatura de termo de posse disponibilizado no SEI (Sistema Eletrônico de Informações).

A partir do dia 5 de junho será disponibilizado, no site da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o link para o agendamento do Efetivo Exercício e da Modulação dos novos servidores.

Na data selecionada, o servidor deverá apresentar a apostila de posse, emitida no ato da posse e devidamente assinada pela Secretaria de Estado da Administração (Sead), bem como os documentos pessoais exigidos para conferência. Os atendimentos serão realizados presencialmente, na sede da Seduc, em Goiânia.

Leia Também:  Bombeiros são acionados para combater incêndio em um barracão

Convocações

O Governo de Goiás já convocou 1.893 docentes desde 2023. Os profissionais fazem parte da lista de 5.050 aprovados para o cargo de professor nível III (licenciados), em concurso público realizado em 2022.

Os nomeados vão trabalhar na Rede Estadual de Ensino que, atualmente, conta com mais de 900 unidades escolares e atende quase 500 mil estudantes, em todas as regiões de Goiás. De forma inédita, foram ofertadas vagas para profissionais indígenas, quilombolas, intérpretes de Libras e instrutores de Libras e Braille.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA