Vale do São Patrício

Goianésia publica novo decreto para conter o avanço da Covid-19

Publicados

Neste sábado (20), a Prefeitura de Goianésia divulgou o novo decreto com medidas a serem tomadas para conter o avanço da Covid-19 no município. Mesmo não apresentando uma alta demanda no que diz respeito ao coronavírus, Goianésia ficou em uma “região crítica”, no entanto, não alinhou com a norma técnica emitida pelo Governo Estadual, não tendo, portanto, grandes alterações.

O decreto, assinado pelo prefeito Leonardo Menezes o Leozão, deliberou que para o enfrentamento da emergência em saúde decorrente da Covid-19, todas as atividades econômicas destinadas à produção ou à circulação de bens e serviços, atacadista e varejista, clínicas e consultórios médicos e odontológicos, clínicas de estética, salões de belezas e barbearias, podem abrir, todos os dias durante o horário comercial (das 08h00 às 18h00), contanto que o número de clientes simultâneos não ultrapasse o limite de 50% da capacidade máxima do estabelecimento.

Quanto a atividades religiosas, os líderes deverão suspender a entrada de pessoas quando o local atingir 50% de sua capacidade máxima. A mesma regra se aplica a academias de ginástica e congêneres.

Leia Também:  Agências do INSS não funcionam hoje

Em relação ao funcionamento de restaurantes, lanchonetes, hamburguerias, sorveterias, bares, botecos, e congêneres, a capacidade de público deve ser reduzida, de modo que modo que não ultrapasse 50% da capacidade máxima do estabelecimento, e que seja possível uma separação mínima de um metro entre as cadeiras e de dois metros entre as mesas.

Os eventos sociais e atividades coletivas culturais, como por exemplo, cinemas, festas de aniversário e casamento, deverão ser observados os protocolos e as medidas de segurança presentes no “Guia de Prevenção da Covid-19” da Secretaria Municipal de Saúde. O decreto diz ainda que nestes locais, deverão ser respeitados o limite de 50% de sua capacidade, não podendo ultrapassar a quantidade máxima de 150 pessoas, independentemente de seu tamanho.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

SMS de Rubiataba apura irregularidades na vacinação da Covid-19

Publicados

em

Em Rubiataba, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está apurando uma suposta irregularidade na aplicação da vacinação contra a Covid-19 no município. A pasta encaminhou três ofícios a um laboratório, um consultório odontológico e uma farmácia solicitando informações sobre pessoas declaradas como funcionários e que receberam a primeira dose do imunizante do coronavírus, sendo que quatro pessoas são citadas nos ofícios.

A SMS pede esclarecimentos sobre o vínculo que possuem com o consultório e se elas estão atuando efetivamente na área da saúde. A pasta da saúde municipal concedeu prazo de cinco dias para que as informações sejam repassadas.

A polêmica surgiu na última quarta-feira (17), após a prefeitura divulgar a lista de pessoas vacinadas. Os moradores da região afirmam que, em alguns casos, familiares foram declarados como funcionários dos estabelecimentos. Em um deles, a filha do representante de um dos estabelecimentos, que seria engenheira civil, teria sido declarada como recepcionista do local. Em Ceres, como publicado pelo JORNAL DO VALE não foi muito diferente.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  OAB-GO pede agilidade nas investigações de crimes contra advogados e agenda audiência com PC
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA