Educação

Governo de Goiás entrega material de alfabetização para estudantes das redes municipais e estadual

Em abril, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) entregou o material dos professores, no total 28 mil exemplares, para profissionais que estão lotados nas redes municipais e estadual de ensino, à frente de turmas de Educação Infantil e de 1º e 2º ano do Ensino Fundamental. Foram 28 mil exemplares.

Publicados

Ao todo, 170 mil crianças serão beneficiadas com o material. Os livros foram confeccionados pelo Governo de Goiás dentro do Programa em Regime de Colaboração pela Criança Alfabetizada (AlfaMais), que busca reduzir os índices de alfabetização incompleta e letramento insuficiente no Estado.

Em abril, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) entregou o material dos professores, no total 28 mil exemplares, para profissionais que estão lotados nas redes municipais e estadual de ensino, à frente de turmas de Educação Infantil e de 1º e 2º ano do Ensino Fundamental. Foram 28 mil exemplares.

Os materiais didáticos do AlfaMais trabalham gêneros textuais do cotidiano da criança, como receitas de culinária, brincadeiras de roda, contos infantis, cartazes de campanhas de conscientização, tirinhas e álbuns de fotografia. Os livros foram elaborados por professores alfabetizadores das redes públicas de ensino, com a colaboração de artistas goianos e uma estudante da rede estadual.

“O material é complementar, ou seja, vai ser um apoio para os professores em sala de aula de 1º e 2º ano do Ensino Fundamental. O material oficial continua sendo o livro didático do PNLD do governo federal”, explicou a gerente de Ensino Fundamental Anos Finais da Seduc, Carla Mendonça, lembrando que a obra é baseada no Documento Curricular para Goiás – Ampliado e inspirada na cultura goiana.

Leia Também:  Governo de Goiás lança programa que vai investir R$ 200 milhões na recuperação de ruas e avenidas em 100 municípios; Vídeo

 

Formação de professores

Além da distribuição dos materiais didáticos, a Seduc realiza, desde o início do ano letivo, diversos momentos de formação com professores, secretarias municipais e as Coordenações Regionais de Educação (CREs). As reuniões presenciais com os articuladores do AlfaMais ocorrem mensalmente para alinhar todas as ações do programa no Estado e garantir sua efetividade.

“Nossa expectativa é que, com essa formação e esse material didático, no final do ano, nós tenhamos uma melhora nos resultados e os alunos saiam do 2º ano sabendo ler e escrever”, afirmou a superintendente de Educação Infantil e Ensino Fundamental da Seduc, Giselle Faria.

Todos os estudantes do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental matriculados em escolas municipais e estaduais de Goiás receberão livros confeccionados dentro do Programa em Regime de Colaboração pela Criança Alfabetizada (AlfaMais), que busca reduzir os índices de alfabetização incompleta e letramento insuficiente.

Programa AlfaMais Goiás

O AlfaMais foi criado em 2021, pela Lei Estadual nº 21.071, e começou a ser executado nas escolas goianas no início de 2022. O programa tem o objetivo de assegurar a alfabetização completa das crianças na idade certa, até o 2º ano do Ensino Fundamental. Para cumprir esse objetivo, o programa conta com a formação de professores, entrega de materiais didáticos complementares, pagamento de bolsas para os profissionais envolvidos e premiação de escolas com os melhores resultados.

Leia Também:  José Dirceu diz que “É uma questão de tempo para gente (PT) tomar o poder”

As unidades com menores índices de alfabetização também receberão fomento do AlfaMais e a distribuição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) entre os municípios levará em conta indicadores de qualidade do ensino.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EDUCAÇÃO

Após dois anos de paralisação das atividades, Prefeitura e IF Goiano retomam atendimentos de Equoterapia

Publicados

em

A Prefeitura de Ceres, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e o Instituto Federal Goiano – Campus Ceres, retomaram na última sexta-feira, 01 de abril, os atendimentos do Centro de Equoterapia, suspensos há dois anos por conta da pandemia de covid-19. O retorno foi celebrado com uma cerimônia no próprio Centro de Equoterapia com a presença de pacientes, familiares, profissionais, estudantes e autoridades, onde foi apresentado um pouco do histórico do serviço, que ocorre desde o ano de 2005.

O diretor do Instituto Federal Goiano, Cleiton Mateus, enalteceu o trabalho desenvolvido pela equipe do Centro de Equoterapia.

Em sua fala, o Diretor do Instituto Federal Goiano, Cleiton Mateus, enalteceu o trabalho desenvolvido pela equipe do Centro de Equoterapia e falou sobre a importância e os benefícios que este projeto entregam para a sociedade. Em sua fala, o Prefeito de Ceres, Edmario Barbosa, relembrou do início dos atendimentos que aconteceram em 2005, em seu primeiro mandato, e disse do compromisso da Prefeitura de Ceres em ser parceira do IF Goiano nesta retomada das atividades.

Leia Também:  Vacinação contra Covid-19 já salvou entre 4 a 5 mil vidas em Goiás

A equipe de profissionais que atuam na Equoterapia são disponibilizados pelo Centro Especializado em Reabilitação de Ceres, o CER, que realiza um acompanhamento multiprofissional com os pacientes, que ocorre desde a triagem e conta com atendimentos médicos, fonoaudiológico, fisioterapêuticos e psicológicos, psicopedagógicos, e de enfermagem.

A Equoterapia emprega o cavalo como agente promotor de ganhos a nível físico e psíquico. Esta atividade exige a participação do corpo inteiro, contribuindo, assim, para o desenvolvimento da força muscular, relaxamento, conscientização do próprio corpo e aperfeiçoamento da coordenação motora e do equilíbrio. Deste modo, o retorno das atividades é uma grande realização para toda a comunidade ceresina.

Em suas redes sociais, a Prefeitura de Ceres destacou a importância do retorno dos atendimentos:Um dos serviços de saúde mais lindos e importantes prestados ao povo ceresino está de volta! Após dois anos de paralisação das atividades em função da pandemia de covid-19, o Centro de Equoterapia do IF-Goiano retornou com os atendimentos em parceria com o Centro Especializado em Reabilitação, o CER. Para celebrar este retorno, foi realizada nesta sexta-feira (1º), uma cerimônia com a presença de pacientes, familiares, profissionais e autoridades, uma grande oportunidade para mostrar a importância da Equoterapia para os pacientes e para nossa comunidade em geral.

Leia Também:  Prefeito de Aparecida de Goiânia é internado para tratar Covid-19

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA