Meio Ambiente

Mais de uma dezena de municípios goianos devem receber chuva neste final de semana

Em Goiás, algumas cidades estarão sujeitas à temperaturas que beiram os 40°C.

Publicados

Mais de uma dezena de municípios goianos devem receber chuva neste final de semana

Mais de uma dezena de municípios goianos devem receber chuva neste final de semana

Esse final de semana, a chuva já pode dar as caras em quase 20 municípios de no estado, trazendo um pequeno alívio do calorão. A combinação calor e umidade pode favorecer pancadas de chuvas isoladas, sendo estas acompanhadas de rajadas de ventos.

A previsão é do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), em boletim divulgado nesta sexta-feira (15).

Neste sábado (16), espera-se que as chuvas atinjam as cidades goianas com uma intensidade que varia de baixa a moderada, com o destaque ficando por conta de Itumbiara, Jataí e Formosa – que podem contar com cerca de 5 mm ao longo do dia, liderando a previsão para Goiás.

Goiânia e Anápolis devem registrar 4 e 3 mm, respectivamente. Rio Verde, Luziânia, Três Ranchos, Ipameri, Cristalina, Pirenópolis, Ouvidor, Goiandira, Cumari, Nova Aurora, Santa Helena e Davinópolis também irão variar entre os mesmos 3 e 4 mm.

Leia Também:  Caravana de Natal passa por oito cidades goianas

Amanhã (17), o volume de água deve ser reduzido consideravelmente, com a expectativa de não passar dos 2 mm em nenhum dos municípios.

Na contramão das chuvas, a população deve se atentar para outro fator importante: as fortes ondas de calor que irão marcar este final de semana em Goiás, com destaque especial para Porangatu – que deve registrar 39 °C de máxima, com a mínima de 23 °C já neste sábado.

O restante do estado não estará sujeito a tamanhos extremos, mas também deve ter os termômetros esquentados. Para a capital, as temperaturas poderão flutuar de 19°C até 31°C.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Mulher que foi espancada por fisiculturista morre em UTI

Na segunda-feira (20), Igor passou por audiência de custódia e teve a prisão mantida. Com a morte da esposa, ele deve passar a responder por crime de feminicídio.

Publicados

em

Igor Porto Galvão e Marcela Luise de Sousa. Foto: Reprodução

Marcela Luise de Sousa Ferreira 31 anos, que ficou toda “quebrada”, mais de dez fraturas confirmadas, e seguia em coma com quadro clínico considerado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Mônica, em Aparecida de Goiânia, após ser brutalmente espancada pelo marido, o fisiculturista e nutricionista Igor Porto Galvão, teve a morte cerebral confirmada na noite de segunda-feira (20), após 11 dias internada na unidade de saúde.

Dentre as lesões, a vítima sofreu traumatismo craniano em ambos os lados da cabeça, na base do crânio, fraturou a clavícula, oito costelas e teve várias escoriações pelo corpo.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por um tomógrafo específico para que os peritos tenham uma análise mais apurada de todas as lesões. O exame poderá determinar, inclusive, quando as fraturas foram causadas, já que há desconfiança que Marcela estivesse sofrendo violência dentro de casa de forma recorrente.

Leia Também:  Em Goiânia, casal viraliza após ser flagrado andando pelado pelas ruas; Assista

Na segunda-feira (20), Igor passou por audiência de custódia e teve a prisão mantida. Com a morte da esposa, ele deve passar a responder por crime de feminicídio.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA