Vale do São Patrício

Usinas goianas desenvolvem ações conscientização sustentável com crianças e adolescentes

CRV Industrial, Rubi S.A de Rubiataba e Uruaçu promoveram atividades educativas ambientais com estudantes do Vale do São Patrício.

Publicados

Usinas goianas desenvolvem ações conscientização sustentável com crianças e adolescentes. Fotos: Divulgação

Para promover a conscientização ambiental entre crianças e adolescentes do Vale do São Patrício, em Goiás, as usinas CRV Industrial, em Carmo do Rio Verde, e Rubi S.A., em Rubiataba e Uruaçu, promoveram uma série de atividades educativas durante a Semana do Meio Ambiente. Os estudantes participaram de experiências enriquecedoras no Centro de Educação Ambiental (CEA) das usinas, exploraram uma trilha ecológica na Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Ceres, e aprenderam sobre a importância vital da preservação da fauna local e do meio ambiente.

Além disso, foram contemplados com palestras sobre “Resíduos Sólidos: a responsabilidade é sua, é minha, é nossa!”. Nessas apresentações, foi enfatizada a crucial importância do descarte correto de resíduos, incluindo a segregação adequada para coleta seletiva, destacando também as cores distintivas utilizadas nesse processo.  As discussões abordaram ainda as diretrizes do novo decreto estadual – Programa Lixão Zero, visando fomentar práticas sustentáveis dentro da comunidade, como o progressivo fechamento de lixões, reforçando o compromisso com um futuro mais verde e responsável.

Leia Também:  Carreta com 50 toneladas de calcário tomba na BR-060 em Santo Antônio da Barra

Práticas

Em parceria com a Saneago e a Secretaria de Meio Ambiente de Uruaçu, o Departamento Ambiental da Rubi S.A. de Uruaçu organizou teatro e oficinas educativas com foco em educação ambiental. As atividades destacaram a importância da coleta seletiva e do uso consciente da água. A iniciativa envolveu as mascotes da Saneago, os personagens #Banjo e #Sato, que interagiram de maneira lúdica e educativa com as crianças.

Renata Batistela, supervisora de meio ambiente das unidades bioenergéticas, enfatizou a relevância da educação ambiental infantil: “É fundamental para moldar comportamentos desde cedo e promover uma conexão positiva com a natureza. Além de ensinar sobre a preservação dos recursos naturais, essa iniciativa incentiva práticas sustentáveis ao longo da vida, contribuindo para formar uma geração mais consciente e responsável em relação ao meio ambiente”, pontua.

Para ela, ao introduzir conceitos de sustentabilidade, conservação de recursos naturais e práticas ambientalmente responsáveis desde a infância, cria-se uma base sólida para que as crianças se tornem adultos conscientes e engajados com questões ambientais.

Participantes

Leia Também:  Assis da Cervale morre em Goiânia

As atividades envolveram escolas como Escolas Municipais Wilson Palestra, Benedito Rui Barbosa e Sebastião Lourenço em Carmo do Rio Verde, além da Escola Estadual Zico Monteiro em Uruana (GO), e os alunos da Escola Municipal Dom Pedro I em São Patrício (GO). Em Rubiataba, as ações beneficiaram os alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo de Nova Glória, e da Escola Municipal Ruth de Oliveira em Nova América. Já em Uruaçu, participaram os alunos da Escola Municipal João de Jesus Antunes e da Escola Municipal Feliciano Custódio de Freitas.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

VALE DO SÃO PATRÍCIO

Ceres: Transferência do Coronel Lusdenes da regional Ceres gera insatisfação

Conforme informações, autoridades e políticos da região estão se mobilizando para reverter a situação.

Publicados

em

Lusdenes Rodrigues Alencar, o Coronel Lusdenes. Foto: Redes Sociais

Nesta terça-feira (16), a imprensa foi informada da transferência de Lusdenes Rodrigues Alencar, o Coronel Lusdenes do Comando Regional de Ceres no Vale do São Patrício após determinação do Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO).

A decisão pegou todos de surpresa, já que as mudanças de tal natureza ocorrem quando os resultados na segurança pública não são satisfatórios. Desta forma, a referida decisão gerou insatisfação tanto na tropa quanto nos municípios que compõe o comando regional, revelando uma falta de planejamento.

O trabalho de polícia comunitária que foi e está sendo desenvolvido com todas as forças de segurança pública na região, e do operacional reconhecido pela redução dos índices de criminalidade, uma marca registrada do atual comando. Ademais, a comunidade, que acompanha de perto o trabalho diferenciado e transparente desde a chegada de Lusdenes, está determinada a buscar sua permanência.

Desta forma, autoridades e políticos da região estão se mobilizando para reverter a situação, buscando diálogo com o Secretário de Segurança Pública e o Governo do Estado. A mobilização se deve ao reconhecido trabalho desenvolvido na região, caracterizado pela união das forças de segurança pública com o comércio, prefeituras e autoridades da persecução penal.

Leia Também:  Realizada a 1ª Sessão Ordinária de junho da Câmara de Vereadores de Ceres

O Coronel Lusdenes informou que não manifestou interesse em ir para o local determinado. Assim, evidenciada a importância da continuidade do trabalho de Lusdenes no Comando Regional de Ceres, um líder que tem demonstrado resultados positivos e conquistado a confiança da comunidade e das autoridades locais.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA