Plantão Policial

Homem preso suspeito de ter matado a mulher e jogado o corpo em uma fossa chegou em Goiânia

Após cometer o crime Sebastião tentou fugir mas foi preso pela PRF no estado de São Paulo

Publicados

O suspeito de ter matado a companheira e enterrar o corpo dentro de uma fossa no Setor Chácara Vilage Santa Rita, em Goiânia, desembarcou, na noite desta quarta-feira (9), na capital. Sebastião Carlos Lima da Silva chegou por volta de sete horas no hangar do aeroporto Santa Genoveva, sob escolta da Polícia Civil (PC) e foi encaminhado para fazer o exame de corpo delito no Instituto Médico Legal (IML). Em seguida, ele seguiu para a delegacia onde prestou depoimento.

A vítima, Eliene da Silva Dourado, de 45 anos, desapareceu no último sábado (5), e o corpo foi localizado por parentes no domingo (6), dentro da fossa desativada. Familiares contaram aos policiais da Delegacia Estadual de Homicídios (DIH) que a mulher e o marido viviam um relacionamento conturbado e que há duas semanas ocorreu uma briga entre eles, quando houve, inclusive, agressões.

Ainda no local onde foi encontrado o corpo da vítima, a PC constatou que ela apresentava várias perfurações pelo corpo e que, muito provavelmente, havia sido morta ainda no sábado, dia do desaparecimento.

Leia Também:  Mulher é morta a facadas pelo namorado durante festa de natal

Após o crime, o marido da vítima também desapareceu e, desde então, as equipes realizavam diligências para a prisão. Após várias buscas e com o compartilhamento de informações com a Polícia Civil de São Paulo e a PRF, Sebastião foi localizado em Guarulhos e preso e flagrante.

Um carro que teria sido utilizado para a fuga também foi apreendido na cidade paulista. Sebastião tem outras passagens criminais por violência doméstica. Ele deve responder por feminícidio e ocultação de cadáver.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PLANTÃO POLICIAL

Homem é preso por se passar por policial federal em buscas por Lázaro

O homem teria tentando convencer uma equipe da PM a acompanhá-lo em uma suposta ocorrência

Publicados

em

Na noite deste sábado (19), um homem de 23 anos foi preso, ao tentar se passar por policial federal para participar das buscas pelo foragido Lázaro Barbosa, 32 anos. O caso ocorreu no km 30 da BR 070, em Cocalzinho de Goiás. A prisão foi realizada por uma equipe conjunta formada pela Polícia Militar de Goiás, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal.

Segundo as corporações, o indivíduo abordava as equipes na rodovia, dizendo ser policial federal. E que estava atrasado para incorporar sua equipe, que se encontrava mais à frente. Esse tipo de delito é tipificado no artigo 307 como falsidade ideológica.

Cerca de 40 minutos depois, o suspeito retornou abordando as equipes e disse que precisava de apoio para desarmar um sujeito bêbado em uma propriedade rural.

O homem consumou também o delito usurpação da função pública, ao convencer uma equipe da Polícia Militar de Goiás a acompanhá-lo em uma suposta ocorrência.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ceres: Foragido da Unidade Prisional é recapturado
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA