júri popular

Policial Militar aposentado vai a júri popular por homicídio após briga por som automotivo em Goiânia

O crime aconteceu em abril de 2017 em uma distribuidora de bebidas

Publicados

O policial militar aposentado Jeová Pereira dos Santos vai a júri popular nesta quarta-feira (21), pela morte de André Oliveira Schreiner. O crime aconteceu em abril de 2017 em uma distribuidora de bebidas no Setor Estrela Dalva, em Goiânia, após uma briga envolvendo som automotivo. A sessão está sendo realizada no Tribunal do Júri da comarca de Goiânia e é presidida pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 3ª Vara dos Crimes Dolosos Contra a Vida.

Conforme denúncia oferecida pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), o policial bebia com alguns amigos na distribuidora no dia do crime. Por volta de 22h, André chegou ao local com a esposa e ligaram o som do carro. Cerca de 30 minutos depois foram embora, mas retornaram em seguida porque tinham esquecido de pagar a conta.

Quando chegaram novamente ao estabelecimento, Jeová teria abordado a vítima e perguntou se ele ligaria novamente o som automotivo. André respondeu que sim e, em seguida, o PM teria sacado uma pistola e disparado contra o homem, que morreu no local, sem chance de defesa.

Leia Também:  Venda de veículos automotores aumenta 0,45% de outubro para novembro

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

JUSTIÇA

Operação em desfavor de servidores da antiga Agetop cumpre mandados em Goiânia, Aparecida e Senador Canedo

Serão cumpridos 21 mandados de busca e apreensão

Publicados

em

Nesta sexta-feira (30), foi deflagrada a operação Old School, pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO). Serão cumpridos 21 mandados de busca e apreensão em Goiânia, Aparecida e Senador Canedo.

A operação tem por finalidade apuração de crimes de corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, organização criminosa e lavagem de dinheiro, praticados por servidores públicos da antiga Agetop e empresários do ramo da construção civil.

O procedimento investigatório guarda ligação com 10 obras públicas executadas por diversas construtoras contratadas pela agência com pagamento da quantia total de R$ 399.070.280,05, em números não atualizados.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Após luta corporal com invasor, cabeleireiro é morto a tiros dentro de casa
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA