JV ESPORTE COM ZÉ ALFREDO FLEURY

Zé Alfredo Fleury

Publicados

Divisão de Acesso do Goianão 2021 é definida

Foi realizado nesta semana, o Conselho Técnico da Divisão de Acesso do Goianão 2021. Serão sete equipes na disputa do Divisão de Acesso do Campeonato. Os clubes confirmaram participação no conselho técnico realizado nesta segunda-feira (5) e que teve direção de André Pitta – Presidente da Federação Goiana de Futebol.

Clubes: Goiânia, Novo Horizonte, Anapolina, Inhumas, Goiatuba, Aparecida e Morrinhos.

Início – 3 de Outubro

Encerramento – 28 de Novembro

Regulamento: Teremos pontos corridos (turno e returno) na Divisão de Acesso. Cada clube vai realizar 12 jogos. Os dois primeiros colocados conquistam o acesso para elite do Campeonato Goiano 2022.

O último colocado será rebaixado para Terceira Divisão.

Os Clubes serão responsáveis pela realização de testes da Covid-19, porém a FGF vai buscar parcerias para ajudar com essas despesas. Em relação a presença de público nos jogos, é algo que será definido de acordo com a realidade da pandemia e com a permissão das autoridades sanitárias.

Não existirá limitação de idade para inscrição de jogadores.

A maioria dos clubes concordaram com cinco substituições por partida em três paradas durante os 90 minutos. Os Clubes liberaram as transmissões das partidas para as plataformas da Federação Goiana.

 

Brasil x Argentina fazem a final da Copa América

Depois de muita polêmica e envolvimento político, chegamos à final da Copa América 2020-2021. Isso mesmo, com duas datas justamente por conta da pandemia do Coronavírus que assola o planeta, fazendo com que as competições esportivas fossem adiadas e até mesmo canceladas. No início muito se falou sobre a realização do torneio, pois suas sedes iniciais que seriam Colômbia e Argentina declinaram da realização da competição, restando à Conmebol – Confederação Sul Americana de Futebol – socorrer ao Brasil, que de imediato aceitou o desafio. Como tudo tem virado polarização política no país, com a Copa América não foi diferente, os adeptos do Presidente Bolsonaro apoiando a realização, enquanto os críticos, ficaram contra, mas sem argumentos sólidos, haja vista as inúmeras competições acontecendo concomitantemente no país. Feita essa contextualização, vamos ao futebol.

Leia Também:  Veja a Pesquisa para o Governo em Goiás na Coluna Conexão Política por Luiz Claudio

Não se pode afirmar que foi um torneio com grandes apresentações ou que se viu um futebol de grande qualidade técnica ou tática. O Brasil sempre comandou suas partidas, sofrendo alguns momentos das partidas, tendo dificuldades ofensivas, mas transparecendo um domínio de jogo sobre seus adversários. Do outro lado a também finalista Argentina se parece muito com o Brasil, até mesmo nas atuações. Jogando muito mais com o peso da camisa, com a força de uma seleção bi campeã mundial, com os lampejos do seu craque principal – que merece o reconhecimento de estar fazendo uma excelente Copa América – e até mesmo uma certa teimosia de seu treinador Lionel Scaloni que insiste em deixar seu segundo melhor jogador Angel Di Maria no banco, parecendo até nisso com o time brasileiro, comandado por um superado e extremamente teimoso Tite, que mais parece tratar a Seleção Brasileira como domínio próprio do que como um patrimônio do povo.

É o maior clássico do mundo! Sim, ainda continua a ser. Essa afirmação deixa muitos fãs do futebol europeu contrariado, mas não há o que se discutir. Pode se dizer das estruturas nos países sul americanos, da desorganização de suas federações, da economia que é um problema maior que o futebol, mas o afeta diretamente, culminando no êxodo dos jogadores para a Europa, mas, contudo, todavia, porém… Brasil x Argentina é o maior jogo de futebol da terra! São 7 títulos mundiais em jogo, enquanto estamos acompanhando a final da Eurocopa no velho continente com no máximo 5. São 24 títulos de Copa América nessa final, Lionel Messi de um lado, Neymar de outro. São camisas pesadas que terão a oportunidade de mostrar que continuam melhores que os europeus, ao menos na técnica, na vontade e na garra em vencer. Neymar quer se firmar como craque mundial, pois nos últimos anos caiu em rendimento e nem mesmo nas eeições de melhor do mundo tem sido relacionado. Messi não precisa provar mais nada a ninguém. É o melhor jogador dos últimos anos, mas ainda sim carrega a sina de nunca ter vencido uma competição com a Albicleste. Vai ser jogão, vai ter emoção e vai ser uma prévia se algum time poderá quebrar a hegemonia europeia das últimas quatro Copas do mundo.

Leia Também:  Pesquisa CNN/Real Time Big Data para Presidente

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Colunistas

Dr. Fabiano Moura

Quem ronca e tem apneia do sono, dificilmente consegue atingir o sono REM e consequentemente, acaba tendo um sono não reparador. Nem todos percebem, mas o ronco tende a atrapalhar o sono não só de quem ouve, mas também de quem ronca.

Publicados

em

O ronco

O ronco, embora comum e, muitas vezes, até alvo de brincadeiras, é considerado um dos sintomas do distúrbio do sono. E se não for tratado corretamente, pode ocasionar problemas de saúde mais sérios.

O ronco é o som da vibração das vias aéreas (nariz e garganta) causado pela dificuldade de passagem do ar. Apesar de atingir todos os tipos de pessoas, das mais variadas idades, costuma ser mais comum nos homens do que nas mulheres. Por uma questão hormonal, enquanto os homens começam a roncar por volta dos 40 anos de idade, as mulheres normalmente começam depois dos 50 anos, quando aumentam as oscilações dos hormônios.

Crianças e adolescentes também podem roncar, embora nessa fase seja menos comum. Nesses casos, ocorre principalmente por fatores físicos, como amígdalas e adenoides grandes, além de congestionamento nasal.

O que causa o ronco? Envelhecimento, obesidade, consumo de bebidas alcoólicas (principalmente próximo ao horário de dormir), medicamentos com efeito relaxante muscular (podem relaxar a musculatura da garganta durante o uso), queixo retro posicionado (para trás), dormir de barriga para cima.

O sono é composto por um conjunto de fases que começam a partir do momento em que a pessoa adormece, vai se progredindo e tornando-se cada vez mais profundo, até o corpo atingir o sono REM (Rapid Eye Moviment), que é o mais difícil de ser alcançado, e é justamente nessa fase que o corpo consegue realmente relaxar.

Leia Também:  Pesquisa CNN/Real Time Big Data para Presidente

Quem ronca e tem apneia do sono, dificilmente consegue atingir o sono REM e consequentemente, acaba tendo um sono não reparador. Nem todos percebem, mas o ronco tende a atrapalhar o sono não só de quem ouve, mas também de quem ronca. E uma noite mal dormida traz consequências durante o dia, como: cansaço, sonolência diurna, irritação, dificuldade de raciocínio, perda de reflexo.

Além disso, uma noite de sono ruim também interfere na leptina (hormônio responsável pela regulação da saciedade) e pode fazer com que a pessoa passe a comer mais e, consequentemente, seja um potencial obeso.

Ronco: um sinal de alerta para a apneia do sono Essa é uma condição que faz o paciente não respirar direito, fazendo com que o sono fique fragmentado, inclusive pode associar-se à queda de oxigênio durante a noite. A apneia do sono consiste no fechamento total das vias aéreas durante o sono, fazendo com que a pessoa tenha pausas respiratórias enquanto dorme. Tem duração de pelo menos dez segundos, e pode causar problemas mais sérios como distúrbios no coração, no metabolismo, alterações de humor, memória e sonolência excessiva diurna, aumentando as chances de acidentes automobilísticos. A falta de ar, característica da apneia do sono, impulsiona o organismo a lançar mais adrenalina no sangue, o que provoca um aumento da pressão arterial e resistência à insulina. Ou seja, pacientes com apneia do sono têm maior tendência a desenvolver hipertensão arterial e diabetes, condições que aumentam a incidência de doenças cardiovasculares, como infarto e acidente vascular cerebral (AVC).

Leia Também:  Veja a Pesquisa para o Governo em Goiás na Coluna Conexão Política por Luiz Claudio

Se você ronca, procure ajuda médica!

Pode ser que o médico indique apenas algumas mudanças de hábito ou, em casos mais graves, utilização de CPAP (máscara que gera pressão de ar para manter a via aérea superior aberta durante a noite), ou até uma intervenção cirúrgica. O especialista indicado para tratar os distúrbios do sono, principalmente a Apneia Obstrutiva do Sono, é o otorrinolaringologista.

Essas são as dicas do Dr. Fabiano Santana Moura. Otorrinolaringologista. Atende no Centro Clínico e Diagnóstico São Pio X. Fone: 3307-1505 / WhatsApp (62) 9962 6052

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA