Política

Mendanha anuncia retorno ao MDB e diz que vai trabalhar para eleger Daniel Vilela governador

Acertado em reunião com governador Ronaldo Caiado, retorno fortalece base governista. “Ajudarei a pavimentar para que, a partir de janeiro de 2027, Daniel esteja governando o Estado de Goiás”, afirma ex-prefeito de Aparecida de Goiânia.

Publicados

Caiado, Daniel e Mendanha selam retorno do ex-prefeito de Aparecida de Goiânia ao MDB: “Ajudarei a pavimentar para que, a partir de janeiro de 2027, Daniel esteja governando Goiás”, disse ex-prefeito de Aparecida.

Em reunião com o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) e o vice-governador e presidente do MDB goiano, Daniel Vilela, o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha, anunciou seu retorno ao MDB, partido que o projetou para a política, e que passa a integrar a base de apoio do governo estadual. O encontro ocorreu na manhã desta terça-feira (23), no Palácio das Esmeraldas, residência oficial do governador.

De acordo com Mendanha, pesou muito na sua decisão de retornar ao MDB a sua amizade com Daniel Vilela, e também o fato de que, nas suas palavras, não tenha conseguido vencer por outra legenda. O ex-prefeito reforçou a importância da conversa com o governador para que selasse sua volta ao MDB, e que o faz como um soldado, disposto a ajudar a legenda e, principalmente, colaborar para que Daniel se eleja governador do Estado nas eleições de 2026.

“Quero aqui reconhecer o importante diálogo que tivemos com o governador, e suas marcas são a honestidade e a credibilidade, e eu fiquei muito à vontade, realmente, para anunciar o meu retorno ao MDB. E eu preciso dizer do papel importante que o Daniel teve na minha carreira, foi o primeiro que me impulsionou. Ele acreditou em mim lá no passado, e eu vou retribuir. Neste momento, eu ajudarei a pavimentar para que, a partir de janeiro de 2027, Daniel esteja governando o Estado de Goiás”, frisou Gustavo Mendanha.

Leia Também:  Dilma sanciona Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação

Para Caiado, já em seu segundo mandato à frente do Governo, a sucessão requer responsabilidade. “A gente tem de ter habilidade para que, na construção de 2026, também eu possa entregar o Estado a quem tenha a mesma responsabilidade que nós”, posicionou. “Sabemos da sua liderança e do quanto é importante nós aglutinarmos pessoas dessa geração que já tem uma experiência de gestão, que realmente mostrou sua capacidade”, reforçou o governador.

Na mesma linha do governador, Daniel Vilela defende que essa união de forças irá contribuir com o crescimento de Goiás. “Juntos podemos não só garantir a continuidade, a tradição do partido, mas, principalmente, fazer parte da boa política do governador, uma política salutar, de pessoas que, de fato, vão contribuir para o sucesso e com o crescimento do nosso estado”, avaliou.  “Foi nesse sentido que eu e o governador conversamos e entendemos que seria importante fazer com que o Gustavo reagrupasse conosco”, concluiu Daniel.

Primeira missão

O retorno do ex-prefeito de Aparecida ao MDB e seu ingresso na base do governo já tem uma primeira demanda indicada pelo governador Ronaldo Caiado, voltada ao auxílio à gestão. Gustavo Mendanha é próximo de lideranças políticas ligadas ao governo de Israel, país com expertise reconhecida mundialmente na agricultura de precisão, que utiliza métodos avançados como irrigação por gotejamento, estufa e biodigestor para melhor aproveitamento de espaço e produção.

Leia Também:  Em Jataí, empresária sai da festa de casamento e vota vestida de noiva e com buquê

Caiado ressaltou que o projeto de fruticultura do Vão do Paranã, que é desenvolvido no Nordeste goiano, tem por objetivo promover a maior inserção social da história de Goiás, construindo uma nova fronteira agrícola, além de elevar a qualidade de vida de produtores que atuarão na região, bem como os índices da economia e de bem-estar da população. As tecnologias já utilizadas por Israel são desejadas para importação pelo Governo de Goiás com foco para o local.

Mendanha afirmou que manteve conversas com o ex-embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, já tratando sobre o projeto goiano. A expectativa é de que, no segundo semestre deste ano, uma comitiva liderada pelo governador Ronaldo Caiado vá até o país para dialogar com ministros. Existe a possibilidade ainda de agenda com o atual primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. “Isso seria realmente um grande feito para Goiás”, avaliou Mendanha.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Caiado anuncia fim das pontes de madeira em todos os municípios goianos

Cerca de 500 estruturas serão substituídas por pontes de concreto com investimento de R$ 200 milhões. 180 prefeitos e parlamentares participam da assinatura de ordem de serviço.

Publicados

em

Governador Ronaldo Caiado anuncia fim das pontes de madeira: estruturas asseguram melhoria em infraestrutura e logística. Foto: Romullo Carvalho e Wesley Costa

O Governo de Goiás lançou, nesta terça-feira (27), ação para substituir cerca de 500 pontes de madeira por estruturas de concreto em rodovias e estradas não pavimentadas nos 246 municípios goianos. O programa Goiás em Movimento – Eixo Pontes foi anunciado pelo governador Ronaldo Caiado, com investimento de R$ 200 milhões. “Será o maior impulso que o estado já viu nas obras e nas pontes, das menores às maiores”, afirmou.

O governador explicou que o programa não faz distinção do tamanho da estrutura que será substituída. “Não tem menor e maior. É qualquer ponte. Tem governador que queima pontes, interrompe contatos com prefeitos. Eu não. Eu construo pontes com prefeitos, não olho partido e respeito a decisão da população”, ressaltou Caiado ao lembrar a presença de 180 prefeitos e parlamentares, em Goiânia, na sede da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), para a assinatura da ordem de serviço.

Na ocasião, ele explicou que o objetivo será atender rotas de escoamento da produção agropecuária e escolares. “As aduelas devem ser instaladas o mais rapidamente possível, pois todos sabemos as dificuldades para transitar nos períodos de chuva e da prioridade para o transporte escolar e para o transporte das safras”, pontuou.

Leia Também:  Em Jataí, empresária sai da festa de casamento e vota vestida de noiva e com buquê

“Com essas pontes, nos próximos períodos chuvosos os prefeitos não terão o sofrimento que nós acompanhamos em outros anos”, ressaltou a coordenadora do Goiás Social e primeira-dama Gracinha Caiado, sobre comunidades ilhadas em cidades do Nordeste goiano. “É o maior programa da história do Brasil para substituição de pontes de madeira. Até o final do governo Caiado, nós não teremos mais nenhuma”, salientou o presidente da Goinfra, Lucas Vissotto.

Após a entrega pela agência, os municípios farão a instalação das aduelas, que são fabricadas em concreto pré-moldado e possuem até três metros de altura. A substituição traz mais segurança e mobilidade para regiões com menos acessos. “Nas estradas vicinais que tem o transporte escolar, tem época do ano em que os ônibus ficam impossibilitados de buscar os alunos e, agora, nós vamos resolver esse problema”, reconheceu o presidente da Associação Goiana dos Municípios (AGM), Carlão da Fox.

“É um projeto inovador no Brasil e que nós, do setor agropecuário, sonhamos há vários anos”, avaliou o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner. “Tenho certeza que nenhum estado do Brasil faz isso. Tem municípios que têm mais de mil quilômetros de rodovias vicinais e muitas pessoas às vezes não tem conhecimento da realidade e das dificuldades”, endossou o vice-governador Daniel Vilela.

Leia Também:  Talles Barreto propõe obrigatoriedade de teste da urina em recém-nascidos

Avanços

Caiado informou que uma das maiores obras será sobre o Rio das Almas, entre São Luiz do Norte e Goianésia. O local vai receber uma ponte de 300 metros de comprimento. “O projeto está aprovado e, mês que vem, vamos iniciar as obras para fazer essa ponte que é um sonho de toda aquela região”, disse o governador. Em uma primeira fase, lançada em 2021, o programa Goiás em Movimento – Eixo Pontes já tinha construído 54 pontes em 13 municípios, com aporte de R$ 21,8 milhões.

JORNAL DO VALE – Muito mais que um jornal, desde 1975 – www.jornaldovale.com

Siga nosso Instagram – @jornaldovale_ceres

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a redação do JORNAL DO VALE, através do WhatsApp (62) 98504-9192

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

VALE SÃO PATRÍCIO

PLANTÃO POLICIAL

ACIDENTE

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA